A Dor - por Tito Laraya

A Dor - por Tito Laraya

                   A DOR

 

         A dor é uma defesa do organismo que permite que o indivíduo mude de atividade de forma com que resolva o problema que a criou.

         A dor da alma pouco difere disto! Ela advém desde incompreensão, remorso, angústia e outras formas que aumentam a sensibilidade, não brutalizando o viver imposto pela sociedade.

         Quando muito me doe a alma me ponho a escrever, este contato íntimo de mim comigo mesmo, não só alivia-me a existência, como permite uma compreensão maior do que comigo ocorre. Quando o faço é para eu entender, quando o publico é na verdade a forma de comungar as minhas experiências com os outros.

         A dor apesar de incômoda em seu aspecto positivo, pois ela não existe sem razão, e está na sua forma de ser, e na atitude do indivíduo de combatê-la, a maneira dos obstáculos vencerem.

         Minha maior aspiração era ser um fantoche de Deus, alguém que fosse totalmente dominado pelo criador, mas ele dá-nos uma forma de isto acontecer:

         Se amamos muito a ele, e obedecemos nossa consciência, não deixando-a doer, estamos nos entregando totalmente aos projetos de Deus.

         Mas há pessoas que já mataram sua consciência, ela não fala, não doe, a estes, que pena, cabe-lhes uma vida sem razão repleta de por quês.

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor