A Poetisa - por Alves dos Santos

A Poetisa - por Alves dos Santos

A Poetisa

 

São tuas

São tuas as palavras

Soltas

Despojadas

Espontâneas

Arrojadas

 

São essas mesmas palavras

Tuas

Verdadeiras

Sentidas

Cruas

 

Que em mim encontram abrigo

Perdido

Esfaimado

Descrente

Esgotado

 

E me transformam no seu lar

Onde renascem

Pujantes

Renovadas

Confiantes

Felizes

 

E eu, liberto das minhas sombras,

Renasço com essas palavras

Que são a tua voz

Genuína extensão do teu ser

Que tocam lugares que as tuas mãos não alcançam

E me levam contigo

 

 

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor