A Tempestade - por Carmen Jacques Larroza

A Tempestade - por Carmen Jacques Larroza

        Chove lá fora. pingos  borrifam a vidraça em choro convulsivo; de chegada, de partida e de um adeus que deseja tornar-se chegada e que, no entando, se vai relutante. Enquanto isso, o vento  ruge brutal.

     "E eu, aqui sozinha, nesse apartamento"? Não!

      Eu? Sentada à vidraça embaçada pelo calor do meu respirar.

      Ele? Dorme sem saber que meus pensamentos latejam e viajam ansiosos buscando um milagre que não vem e buscando no bau da memória, momentos vividos a dois. Por vexes momentos de amor e de risos; por vezes luta e de dor, Contudo, sempre compartilhados na cumplicidade de duas almas convergidas em uma.

      Será que ele sonha? E se sonha, será que é comigo? Ou com esse mesmo passado presente? Ou será com o eterno, o divino ou o espiritual?

     Em meio às perguntas insistentes e mudas respostas, contemplo os pingos furiosos disputando a calçada, as paredes, os jardins e portões...Impõem-se à força e pela força. Correm, se fazem e se desfazem. Escorrem sob à força do vento. Força que falta áquele que dorme em macios e limpos lençóis em um leito de dor e de despedida. 

     E eu? Na janela, vejo que cansei de tanto lutar contra a tempestade de meus olhos. Portanto, eixo meus pingos se lançarem borbulantes e livres. 

     Contudo, estes, ao contrário daqueles, nada disputam. Apenas pedem passagem. As calçadas, as portas, os jardins são as curvas geladas de minha face. 

     Brotam, correm, se distorcem e contorcem em rios e, também, embaçam, ofuscam e destroem a paisagem, que a vida me oferece agora. 

     Minha impotência contempla um quarto, uma vidraça embaçada a mostrar-me a violência da chuva, um leito de dor, de despedida, de partida sem data e nem hora marcada. No livro da vida, a paisagem da cena final: um marido que parte... um olhar embaçado de uma esposa que fica ao rugido impiedoso do vento e que chora no silêncio da casa, do quarto e de sua saudade e que chove lá fora...

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor