A um poeta - Joaquim Pessoa - por Conceição Oliveira

A um poeta - Joaquim Pessoa - por Conceição Oliveira

A um poeta (Joaquim Pessoa)

 

Todas as flores geradas em noites orvalhadas
Primaveris

Te pertencem.

 
São tuas as águas perfumadas

Escorrendo acácias
Telhados

E pilares firmes 

Para te devolverem odores

Tão fortes

Correndo céleres

Em nossos corações.

 

Como poderosos vocábulos cinzelados.


Palavras

Outras
Embebidas em tempo perene

Quando as noites se nos deparam

Longas

Longas.

 

Longas e duras

Arrefecem as lágrimas…

 

Então,

Esperamos o amanhecer

O teu amanhecer!

 

No chilreio

Doce melodia

Teus poemas.

 

Livres

Dolentes

Ajustados à denúncia

Ou ao amor

Que arrancas às sílabas
Porque poético

É o cântico do devir.

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

        

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor