Admirável Pão - por Delanie Velázquez

Admirável Pão - por Delanie Velázquez

Admirável Pão

 

Dizem que o pão é um alimento muito antigo, que suas origens remontam aos tempos em que se iniciou o cultivo do trigo. Ao que parece, desde então, o pão caiu nas graças do paladar dos humanos de todas as culturas, épocas e lugares.

O pão ganhou sabores, receitas, acompanhamentos e títulos os mais variados. Virou até símbolo representativo da alimentação, do aporte nutricional, da subsistência humana.

Nada mais justo que ganhar um dia só para ele, 16 de Outubro, um dia para lembrar sua importância, seu valor nutricional, um dia para doações dessa iguaria e, por que não, um dia para pensar em como tornar nosso consumo de pão mais nutritivo e saudável.

Sempre gostei muito de comer pão. A paixão é tanta que cheguei, até mesmo, a promover a “Festa do Pão”, que aconteceu no dia 21 de novembro de 1998 às 19:30 horas. Tenho diante de mim o convite que confeccionamos para o evento. Cada pessoa trouxe um tipo diferente de pão, outros ficaram responsáveis pelos acompanhamentos do tipo patês, molhos e geleias. Mas, acima de tudo, os convidados trouxeram muita alegria, animação e, é óbvio, um bom espaço no estômago para acomodar aquelas delícias.

Foi muito divertido e inesquecível. E, hoje em dia, depois de tantos anos, sempre que encontro uma das participantes, ela dispara a pergunta: “Quando vamos ter a segunda festa do pão”?

Quanto à arte da panificação caseira, minhas primeiras experiências vem da época de criança (3 ou 4 anos de idade), quando comecei a fazer pão, em casa, com minha avó materna. Aprendi, com muito prazer, e continuo praticando até hoje.

É uma alegria quando me sobra um tempinho e consigo por as mãos na massa. Perceber a textura e a temperatura dos ingredientes, ver seu conjunto ganhar forma e maciez, acompanhar o crescimento e sentir o delicioso aroma que surge durante sua passagem pelo forno... Mas a melhor parte vem depois, é óbvio, na hora de degustar.

Admirável pão! Tão necessário, completo, acessível e surpreendente! Isso me leva a pensar nas palavras de Jesus quando disse: “Eu sou o Pão da Vida. Quem vem a mim nunca mais terá fome, e quem crê em mim nunca mais terá sede.” João 6:35

Como são impactantes essas palavras! Não é exatamente disso que nosso mundo precisa?

Este pão que Jesus oferece tem algo que nenhum padeiro da Terra poderia introduzir em suas melhores receitas, nem mesmo uma pequena porção, um traço, por menor que fosse. Este pão tem VIDA!

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor