Adriana Freitas - Colunista

Adriana Freitas - Colunista

Escritora Adriana Freitas, mora em Recife – PE -  é graduada em Licenciatura em Ed. Artística, hab. Artes Cênicas (Teatro) pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Pós-graduada em Jornalismo Cultural pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). Autora dos livros: Naquela Praia, Essa Noite e Praia Nova.

Facebook

 

 

Dez 2013

Adriana Freitas - Colunista

O Machismo nosso de cada dia - por Adriana Freitas

O MACHISMO NOSSO DE CADA DIA               Um dia um amigo tentou me fazer um elogio. Ele até disse: - “essa frase é machista, mas você dirige como homem”. Ele não quis dizer que eu dirigia displicentemente, ou de forma agressiva, ele...

Ode ao desapego - por Adriana Freitas

ODE AO DESAPEGO   Objetos podem durar a vida inteira. E mesmo assim não devemos nos apegar a eles. O desapego deve ser estendido a pessoas e objetos. Não são propriedades. Estão com a gente. Não são da gente. Saudades se sente. Apreço se tem. Mas nada é nosso. Nada nos pertence. Pessoas vêm e...

Necessidades - por Adriana Freitas

NECESSIDADES   Mesmo nas adversidades sorrir é preciso. Ninguém tem obrigação de secar suas lágrimas. Ninguém tem o ombro disponível para oferecer a todo o momento. Bom humor deve ser inerente ao ser humano. Não é preciso mostrar os dentes a todo hora. Mas choros constantes cansam os ouvidos...

Dos amigos - por Adriana Freitas

DOS AMIGOS   Não sei se há incondicionalidade na amizade. Mas amizades de verdade enfrentam o tempo, divergências, dessabores, amores, contratempos, dias ruins, o que for. Amigos se irritam, magoam, tiram do sério. Os amigos nos colocam em enrascadas, nos levam para o mal caminho. Às vezes...

Samba a dois - por Adriana Freitas

SAMBA A DOIS   Sempre ouvi a frase “cuidado com o que você pede”, “cuidado com os seus sonhos, eles podem se realizar”. Não é exatamente sobre sonhos que quero falar, mas sobre desejos, vontades. Aquilo que o coração anseia,...

Qual é o seu Número - por Adriana Freitas

QUAL É O SEU NÚMERO?               Desde que nos entendemos por gente aprendemos a conviver com números. Sou a segunda filha de um número de quatro. Na chamada da escola, geralmente, era número um pelo meu nome começar com...

O Amor em um ato - por Adriana Freitas

O AMOR EM UM ATO   O cenário é parecido. Sempre é um quarto, iluminação branda ou quase nenhuma. Quando se tem luz. Quando não é preciso usar os outros sentidos para enxergar. Não se encontra o outro com dificuldade. Pois já se sabe aonde ele vai estar. Uma cama, que pode ser de casal ou de...

Felicidade sem cor - por Adriana Freitas

FELICIDADE SEM COR   Cores e belezas. Fantasias efêmeras. Apenas para quem segue o novo. As cores desbotam. As belezas se transformam. E aqueles que seguem apenas o novo Se perdem em conceitos mal elaborados. Ser novo. Ser velho. Não é apenas questão de idade. São conceitos predeterminados Por...

Não faz parte do cotidiano - por Adriana Freitas

NÃO FAZ PARTE DO COTIDIANO   A violência deveria chocar. Não deveríamos nunca nos acostumar com ela. A violência nunca deveria fazer parte do nosso cotidiano. Ela não é e nunca será algo banal, trivial, ela nunca será um...

As Segundas - por Adriana Freitas

AS SEGUNDAS   Segundas-feiras não me assustam. O que me assusta são as segundas intenções. As mensagens subliminares. O que não está claro. O subentendido. Acredito em segundas chances. O que me assusta é a repetição do erro. É a falta de respeito. É o não cuidar por excesso de confiança. As...

Gratidão com amor - por Adriana Freitas

GRATIDÃO COM AMOR   E hoje eu acordei feliz! Acordei sorrindo. Acordei com vontade de agradecer. Acordei com vontade de dizer aos meus o quanto os amo e o quanto eles são importantes pra mim. Não quero esperar o melhor momento. Não quero me perder em mágoas e sentimentos. Se para quem ama isso...

Permissão - por Adriana Freitas

PERMISSÃO   Nem sempre se pode ver o amor. Nem sempre se pode sentir o amor. Nem sempre se pode amar. Nem sempre se pode ser amada. O amor não exige provas. O amor não exige sacrifício. Nem sempre se pode viver o amor. O amor não exige palavras. O amor não precisa ser difícil. É só questão de...

O amor e suas completudes - por Adriana Freitas

O AMOR E SUAS COMPLETUDES   O amor faz milagres. Ultrapassa barreiras. Avança no tempo. Perpetua sentimentos e gerações. Tem a incrível capacidade de se transformar e transforma as pessoas. O amor é a resposta para todo e qualquer mal. Seja ele físico ou espiritual. O mundo seria diferente se...

A vida sem fantasias - por Adriana Freitas

A VIDA SEM FANTASIAS   A vida não é circo. Nem a minha e nem a sua. A vida particular não pode ser motivo de entretenimento, chacota, piadas e chistes. Cada um tem as suas dores, as suas felicidades. Não existem santos e nem demônios. Cada um tem os seus defeitos e qualidades. A vida seria...

Sobre o meu direito de liberdade - por Adriana Freitas

SOBRE O MEU DIREITO DE LIBERDADE               Crescemos numa sociedade cheia de clichês e machismos. Ditando regras que muitas vezes e em sua maioria poda o direito da mulher de ser quem ela quer ser e quem é de verdade a incluindo em...

Paralelos - por Adriana Freitas

PARALELOS               De repente eu virei ou tentei me tornar aquele tipo de pessoa que não se importa. Não fazia nenhum esforço, simplesmente tentei aplicar o desapego a minha filosofia de vida. E por um tempo, acho que deu certo. Pelo...

A Flor - por Adriana Freitas

A FLOR   E ele roubou a flor mais bonita do jardim. Colocou a culpa em sua beleza. De tão bonita Exibia-se, Maltratando sua visão. Pedindo para ser tocada. Pedindo para ser levada. Hora essa quem já se viu de tão bela? Mostrar-se por aí Matando todas as outras flores de inveja. E despertando o...

O bom da vida - por Adriana Freitas

O BOM DA VIDA   Bom mesmo é amar Sem esperar nada em troca. Sem exigir retornos. Amar pelo simples hábito de Distribuir amor. Sem cobranças. Sem amarras. Sem medos. Simplesmente amar. Sem receios. Sem apegos ou fantasias. Amar porque o amor liberta. Faz bem à alma e ao coração. Amar sem...

Camaradagem - por Adriana Freitas

CAMARADAGEM   Amigos são irmãos que a vida nos presenteia. Presentes de Deus. Não sei se são irmãos por escolha. Não sei se escolhemos e ou se somos escolhidos. Apenas sei que temos aquelas pessoas especiais que chegam na nossa vida. Entram sem pedir licença e se instalam de uma forma que nada...

Apenas amor - Adriana Freitas

APENAS AMOR   Se você quiser ficar os braços estão abertos. Se quiser ir as portas também estarão abertas. Acredito na liberdade. No nosso direito de escolha. Eu não preciso de você e não quero que você precise. Quero que sejas feliz sem mim assim como eu sou sem você. Porque o amor...

Por que é dificil dizer adeus? - por Adriana Freitas

POR QUE É DIFICIL DIZER ADEUS?               Desde criança fui protegida ou poupada pelos meus pais a despedidas. Não falo daquelas que o reencontro é possível. Falo daquelas que o nunca mais fica marcado na pele. É difícil saber que essas...

Desaniversário - por Adriana Freitas

DESANIVERSÁRIO               Hoje faz um ano que te vi pela última vez. Não sei se o que sinto é mágoa ou saudade. A saudade eu descarto, porque se deve sentir saudade do que foi bom. Dos momentos verdadeiros que...

Companhia - por Adriana Freitas

COMPANHIA   E quando a dor chega, o que fazer? Já pensei em me livrar dela, abafá-la, dopá-la até esquecer. Até adormecer. Só não tentei fingir que ela não existe. Preferi deixa-la vir. Nem fugir e nem camuflar. Assumir a dor, conviver com ela. Acostumar-se até não doer mais. Até ela ter um...

Planos - por Adriana Freitas

PLANOS             O plano inicial era ficar com você. Sempre foi. Desde o primeiro dia. Mas você não quis e eu não insisti. Daí você mudou de ideia e me quis. Temporariamente, mas quis. No entanto você cansou. Foi embora e eu tive que partir...

1 | 2 | 3 >>

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor