Albertina Correia fala sobre SILÊNCIO

Albertina Correia fala sobre SILÊNCIO

 Por Shirley M. Cavalcante (SMC)

 

Albertina Martins Correia, nascida em 23/02/1963 em Barcelos, residente desde quase sempre em Vila do Conde.

Dois filhos, à 22 anos empresaria na area tecnologica, estudante sempre, de psicologia, apenas para conhecimento e reconheciemtos das “coisas” bem como a comparação entre o suposto cientifico e o senso comum, ama a leitura filosofica bem como a sociologica.

Estudou Guitarra classica durante 13 anos, onde deu  concertos, bem como nesta area fazia parte da orquestra do Porto de guitarras classicas, como 1ª guitarrista.

Viajar,  conhecer outros mundos e culturas, é uma paixao e escrever esse mundo é o seu delirio…desde sempre…

“...o livro está divido em duas partes , uma é, porque se escrevem poemas, sendo esta a reflexão do que eu acho, sempre com um sentido até duplo, mas não fungindo do meu cunho pessoal, a outra parte, são poemas e/ou naipes tematicos, tendo sempre somo fundo o nosso eu, o universo e o além…

 

Boa Leitura!

 

Escritora Albertina Correia é um prazer contarmos com a sua participação no projeto Divulga Escritor para o lançamento do seu livro “Silêncio”. Conte-nos um pouco sobre o Silêncio que está sendo apresentado nos textos poéticos desta obra?

Albertina Correia - “Silêncio” está dividio em duas partes, uma delas explica  porque se escrevem poemas, a outra reflecte pensamentos sobre estados de alma, atirando até por vezes a escrita e o pensamento para o oculto e/ou esoterico num acto por vezes desesperado, de encontar um sentido…

 

Com relação a construção dos textos que compõe o livro, em que momento, ou até mesmo local, mais a inspiraram para construção dos textos?

Albertina Correia - A minha inspiração vem sobretudo do universo que nos rege, mantenho-me sempre atenta a ele, porque dele provem a minha força e vontade de o deixar escrito, e em qualquer lugar, desde que haja silencio, natureza lua e luar, é como que uma forma propria de meditação, que me apazigua...

 

Podes nos contar sobre o momento da construção de um dos textos apresentados na obra?

Albertina Correia - Seria um pouco dificil escolher um, porque são todos intensos e proprios, sempre escritos ao correr da pena, quando o universo interage comigo ou eu com ele, e, pode ser frente ao mar, como no silencio da noite.

 

Como foi a escolha do Título?

Albertina Correia - Nada é por conta do acaso,  pois que ele não existe, e  o titulo “Silêncio” , aconteceu, porque é no silencio que me encontro, sempre que quero escrever, e quando ele não existe eu escrevo como forma de me silenciar…Ele retrata o meu estado de alma. O silencio faz verdadeiros “milagres”, pois que só encontramos a paz, quando conseguimos ouvir o “silencio”, e nisso eu sou uma previligiada…

 

Que tipo de textos poéticos vamos encontrar em “Silêncio”?

Albertina Correia - Como referi, o livro está divido em duas partes , uma é, porque se escrevem poemas, sendo esta a reflexão do que eu acho, sempre com um sentido até duplo, mas não fungindo do meu cunho pessoal, a outra parte, são poemas e/ou naipes tematicos, tendo sempre somo fundo o nosso eu, o universo e o além…

 

Qual a mensagem que você quer transmitir ao leitor?

Albertina Correia - A mensagem que talvez queira transmirir é, que cada um consiga a sua propria mensagem através de “mim”, pois que eu apenas gosto de colocar quem me lê, pelo menos,  a pensar sobre certos assunto e estados de alma, bem como a forma que  acontecem ou podem acontecer…

 

O lançamento esta previsto para o dia 23 de abril, conte-nos onde será, quem poderá participar?

Albertina Correia - O lançamento é dia 23 às 21:30, e mais uma vez não foi ao acaso, a data celebra o dia mundial do livro, daí a escolha. O local é no emblematico espaço “Alfandega Régia- Museu” em Vila do Conde, e podera participar cada um de nós, haja vontade de sair de casa, e, reflectir junto nesse dia, sobre assuntos que nos são tão proprios e que deixamos por mãos alheias (às vezes), por falta de estimulo…

 

Quem não poderá ir ao lançamento como deve fazer para adquirir o livro?

Albertina Correia - O livro vai estar à venda no local do lançamento, e depois,  será distribuido pela Chiado Editora, nas redes proprias , como FNAC, BERTRAND, on line entre outros, ou mesmo para o meu mail albertina.mc@hotmail.com

 

Você tem um livro publicado “Folhas Soltas” qual a sensação em está publicando seu segundo livro?

Albertina Correia - A sensação é como no primeiro, que de resto foi um sucesso, pois que, sempre que colocamos tudo o que somos , naquilo que gostamos de fazer, o resultado so pode ser o esperado, SUCESSO…

 

Conte-nos o que diferencia “Folhas Soltas” de “Silêncio”?

Albertina Correia - A diferença esta na estrutura no livro, mais direcionado tematicamente, e mais introspectivo, mas, sendo a autora a mesma, e tendo a autora o cunho proprio , facilmente se identifica a corrente dos dois, como sendo de uma…

 

Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista. Muito bom conhecer melhor “Silêncio” da autora Albertina Correia. Agradecemos sua participação no projeto Divulga Escritor. Que mensagem você deixa para nossos leitores?

Albertina Correia - A minha mensagem, não é nenhuma em especial, as pessoas não precisam de mensagens, precisam sim, de vontade propria para  agarrar a vida como um todo, sem a enganar nem se se deixar enganar, nem tão pouco depender de terceuiros, e depois dessa vontade conseguida ou não, elas retirarão a mensagem tenho a certeza disso…

 

 

Contatos da autora:

Albertina.correia@hotmail.com

www.albertinacorreia.wordpress.com

https://www.facebook.com/albertina.correia

 

 

Participe do projeto Divulga Escritor

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

Contato: divulga@divulgaescritor.com

Imagem divulgacional

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor