Alda Melro - Entrevistada

Alda Melro - Entrevistada

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por Shirley M. Cavalcante (SMC) 

Biografia Alda Melro - Nasci em Viana do Castelo. Finalizei o ensino obrigatório e não quis estudar mais, porque não gostava de Matemática. Decidi experimentar o mercado de trabalho, não foi fácil, então decidi ir trabalhar para França. Arranjei emprego como “Fille au Paire” que é o mesmo que dizer que tomava conta de duas crianças. Frequentei a escola no Instituto Católico de Paris, o que me permitiu conhecer novas pessoas e novas culturas, pois os alunos eram todos estrangeiros. Regressei a Portugal, trabalhei em várias áreas, presentemente trabalho no comércio. Faço parte do grupo de poetas "Poetas Poveiros e Amigos da Póvoa", "Solar de Poetas" e ainda das tertúlias poéticas em Viana.

Lançamento do meu primeiro livro no dia 26 de Outubro na Biblioteca Municipal de Viana do Castelo. Já tenho mais poemas na prateleira e também espero um dia escrever prosa que é outra forma de escrita que me atrai muito.

“Maior divulgação de pequenos e desconhecidos autores assim como eu. Fomentar o gosto pela poesia nas escolas, a criação de tertúlias poéticas em todos os locais do país com os autores, declamadores, com música, assim como fazemos em Vina do Castelo.”

Boa Leitura!

 

SMC - Prezada escritora Alda Melro, é um prazer contar com a sua participação no projeto Divulga Escritor, conte-nos o que a motivou a ter o gosto pela escrita?

Alda Melro - O gosto pela escrita começou nas aulas de Português no 8º ano. Tive um professor que nos mandava escrever pequenos contos e eu adorava isso. Deixava fluir a minha imaginação e então preenchia um caderno com o dito conto. Mais tarde por volta dos meus 17 anos escrevi a minha primeira poesia que vai sair no lançamento do livro. Depois comecei a sentir necessidade de escrever poesia para extravasar os meus sentimentos, deixar sair para fora toda a sensibilidade que existia dentro do meu EU.

 

SMC - Em seu livro de poesias “Alvas Manhãs” que temas você aborda na escrita das poesias?

Alda Melro - A minha poesia aborda sobretudo o amor, mas falo sobre tudo o que envolve a vida. A terra, o mar, a morte, os conflitos sociais, etc. É uma panóplia de situações descritas poeticamente.

 

SMC - Conte-nos como foi a escolha do Título “Alvas Manhãs”?

Alda Melro - O título do meu livro “Alvas Manhãs” provém da palavra alva que significa alvorada, início do crepúsculo matinal, a claridade que precede a aurora. Logo, “Alvas Manhãs” significam a claridade que precederam todas as auroras nas manhãs da minha vida.

 

SMC - Quem desejar comprar seu livro como deve fazer?

Alda Melro - O meu livro para já vai ser vendido no dia do lançamento e através do meu email acsmelro@gmail.com.

 

SMC - Qual o público que você pretende atingir com o seu trabalho? Que mensagem você quer transmitir para as pessoas?

Alda Melro - Não pretendo atingir um público-alvo, escrevo para mim e para todas as pessoas de todas as classes sociais. Enfim, para quem quiser ler-me. A minha escrita é de fácil entendimento, não tem palavras complexas é uma escrita simples penso eu.

A mensagem que pretendo transmitir é deixar na poesia a minha sensibilidade como ser humano, as minhas vivências e mostrar o caminho dos sonhos, os castelos que podemos erguer mesmo nas dificuldades da vida.

 

SMC - Quem é a escritora Alda Melro? Quais seus principais hobbies?

Alda Melro - Não me considero uma escritora, tenho de ir com calma. A Alda Melro é uma pessoa muito sensível, que transmite na poesia a sua alma a nu. Escrevo para libertar os meus sentimentos, as minhas dores e alegrias. Escrever eleva-me a alma.

Sou eu...assim

Sou sol

Sou lua

Sou estrela bailando no céu seminua

Sou o poeta que chora o poema inacabado

Sou o trinar de um fado

Sou mar

Flor perfumada no orvalho do luar

Sou mulher de mil vidas

Que me procuram perdidas

Sou eu assim

Sou mulher

Sou árvore em mim.

 

Os meus hobbies não são muitos, como já disse a escrita é um passatempo, faço parte das tertúlias poéticas em Viana do Castelo, gosto de caminhar, e também gosto de pastelaria, a parte de confecionar bolos atrai-me muito.

 

SMC - Quais os seus principais objetivos como escritora? Pretendes publicar um novo livro?

Alda Melro - Os meus objetivos com a escrita são de nunca deixar escrever poesia, embora a prosa também seja um dos caminhos a trilhar. Além deste livro que vai ser lançado, tenho mais poemas na gaveta. Vou com calma, também tenho o meu emprego. Se tiver um dia mais tarde a possibilidade de publicar outro livro gostaria de o fazer.

 

SMC - Quais as melhorias que você citaria para o mercado literário em Portugal?

Alda Melro - Maior divulgação de pequenos e desconhecidos autores assim como eu. Fomentar o gosto pela poesia nas escolas, a criação de tertúlias poéticas em todos os locais do país com os autores, declamadores, com música, assim como fazemos em Vina do Castelo. Acho também que os livros deviam ser mais acessíveis com um preço menor para que chegasse ao maior número de leitores.

 

SMC - Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista, agradecemos sua participação no projeto Divulga Escritor, muito bom conhecer melhor a escritora Alda Melro, que mensagem você deixa para nossos leitores?

Alda Melro - O meu muito obrigado por me lerem e sentirem, espero que a minha poesia os faça viajar no mundo dos sonhos e que tenham asas para voar bem longe. Que se sintam felizes com a minha escrita, prometo tentar escrever mais e obrigado mais uma vez, pois sem os leitores não sou nada.

Agradeço ao Divulga Escritor a oportunidade desta entrevista e parabéns pela bela iniciativa.

Obrigada a Shirley Cavalcante!

SEJAM FELIZES!

 

Participe do projeto Divulga Escritor

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor