Alexandra Fabri

Alexandra Fabri

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)

Alexandra Fabri é formada em Relações Públicas, especialista em RH e Mestre em Comunicação Empresarial pela UNESP/Bauru, Membro-Fundadora da ABPC-Associação Brasileira de Psicanálise Contemporânea de Piracicaba/SP, Alexandra atua como Consultora em Gestão de Pessoas e Comportamento Humano, é Conferencista nas áreas de Gestão de Pessoas, Comunicação e Atendimento ao Cliente.

É docente nos cursos de pós-graduação nas áreas de administração e psicopedagogia.

Alexandra dedica-se no meio empresarial, a resolver os problemas e conflitos existentes no processo de trabalho, na comunicação e nos relacionamentos entre os colaboradores e entre lideranças e colaboradores; melhorando a produtividade através da motivação, integração, no trabalho em equipe e gestão dos colaboradores.

“A mensagem que mais me preocupo em levar as pessoas é para que se conheçam cada vez mais, aprendam a reconhecer falhas, dificuldades e se reconstruírem. Estar de bem consigo mesma para poderem estar com o outro. Brinco que “gente feliz não dá trabalho”! Por isso, acredito que esse processo de autoconhecimento é o maior bem que podemos fazer a humanidade.”

 

Boa Leitura!

 

SMC - Escritora Alexandra Fabri quando você começou a escrever? Em que momento decidiu ser escritora?

Alexandra Fabri - Desde pequena, escrever para mim é algo mágico. As aulas de redação eram minhas preferidas. Era como mergulhar num mundo que era mais interessante que o real. Compreendi que escrever é para mim, uma forma de organizar emoções, pensamentos e sentimentos que por vezes insistem em causar desorganizações dentro de mim.

 

SMC - O que mais lhe inspira a escrever?

Alexandra Fabri - As emoções e sentimentos contraditórios do ser humano no dia-a-dia.

 

SMC - Quais são as suas referências literárias? Que autores influenciam em sua formação como escritora?

Alexandra Fabri -  O que mais leio são livros de psicanálise contemporânea que relatam o comportamento humano e que trazem as teorias dos diversos psicanalistas que tivemos desde (Freud, Lakan, Bion, etc) Esses autores são: David Zimerman, Antonino Ferro e Grotstein. Mas confesso que o autor que mais me influenciou e até hoje influencia é Fábio de Melo. Duas obras foram marcantes para mim: Quem me roubou de mim? E Tempo de Esperas. É como se ele conseguisse traduzir teorias e vivências sobre o comportamento humano de forma simples e poética.

 

SMC - Como iniciou sua carreira como Palestrante? Que mensagem você quer transmitir para as pessoas através do trabalho que vens realizando?

Alexandra Fabri - Na verdade ser Palestrante foi uma consequência de meu trabalho como consultora empresarial. Uma coisa, levou a outra. A mensagem que mais me preocupo em levar as pessoas é para que se conheçam cada vez mais, aprendam a reconhecer falhas, dificuldades e se reconstruírem. Estar de bem consigo mesma para poderem estar com o outro. Brinco que “gente feliz não dá trabalho”! Por isso, acredito que esse processo de autoconhecimento é o maior bem que podemos fazer a humanidade.

 

SMC - Você esta se preparando para publicar seu primeiro livro já temos um Titulo para o livro?

Alexandra Fabri - Eu enviei cópias à algumas editoras, há poucos meses. Ainda está no prazo de me darem o retorno. Não tem um título definido. Ele surgiu após eu ter montando uma palestra que se chama: Quem sou eu? Autoconhecimento como forma de melhorar a produtividade na empresa e nos relacionamentos.

 

SMC - Que mensagem você quer transmitir através do livro?

Alexandra Fabri - A mensagem semelhante a que procuro levar em minhas palestras, reforçando, através de exemplos reais que ocorreram em minha vida, o preço que se paga quando não se conhece verdadeiramente e o que se ganha ao entrar em um profundo processo de autoconhecimento.

 

SMC - Qual o público-alvo do seu livro?

Alexandra Fabri - Jovens e adultos que estão a procura de aprender a conviver consigo mesmo.

 

SMC - Você vai publica-lo em que formato?

Alexandra Fabri - A princípio estou esperando o retorno das editoras que enviei parte da obra. Gostaria de publicá-lo impresso.

 

SMC - Como você vê o mercado literário na área que você escreve?

Alexandra Fabri -  Há muitas obras na área que escrevo, mas percebo que grande parte delas apresenta receitas superficiais.

 

SMC - Quais as melhorias que você apresenta para o mercado literário no Brasil?

Alexandra Fabri - Acredito que a melhoria que apresento é não levar fórmulas prontas, mas fazer com que o leitor, ao se identificar com situações comuns, cotidianas, promova uma reflexão sobre sua vida, seus atos e consequências.

 

SMC - Pois bem, estamos chegando ao final da entrevista, agradecemos sua participação, muito bom conhecer melhor a escritora Alexandra Fabri, que mensagem você deixa para nossos leitores?

Alexandra Fabri - Somos seres desejantes, seres da falta. Em maior ou menor grau, cada um traz consigo suas carências, afetos e frustrações acumulados no decorrer de sua história de vida. Na busca por preencher essas faltas, guerras são travadas, vidas podem ser perdidas, relacionamentos estilhaçados. Reconhecer a origem disso tudo, olhar com amor para dentro de si, aceitando e perdoando personagens que colaboraram para que essas faltas fossem estabelecidas é o primeiro grande passo para reinventar sua vida, afinal, como diz Cecília Meireles: “a vida só é possível reinventada”!!



Participe do Projeto Divulga Escritor

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor