Alexandre Santos - por Eduardo Garcia

Alexandre Santos - por Eduardo Garcia

Alexandre Santos

 

Nascido e educado em Pernambuco, Alexandre Santos teve formação escolar no antigo Colégio Marista do Recife. Depois de graduar-se em engenharia civil pela Universidade Federal de Pernambuco, cumpriu os cursos de especialização em Transportes Urbanos e Trânsito na Universidade Federal do Ceará e de mestrado em Engenharia da Produção e em Gestão Pública para o Desenvolvimento do Nordeste na UFPE.

Iniciou a atividade profissional como engenheiro no Departamento Nacional de Trânsito do Ministério da Justiça, tendo, em seguida, se transferido para a prefeitura do Recife, onde exerceu diversos cargos, inclusive o de secretário-adjunto de Transportes e Obras.

Foi agraciado com a inclusão em confrarias importantes como a Ordem do Mérito Literário 'Jorge de Albuquerque Coelho', Ordem do Mérito Capibaribe, Ordem do Mérito 'Manoel Antônio de Moraes Rego', quadro de Membros Honoráveis do Colégio de Engenharia de Venezuela e quadro de agraciados com a Comenda Padre João Ribeiro.

Entre outras comendas e prêmios, Alexandre Santos recebeu a Medalha do Sesquicentenário do Gabinete Português de Leitura de Pernambuco, o Prêmio ‘Vânia Souto Carvalho’ instituído pela Academia Pernambucana de Letras para agraciar o melhor romance no concurso nacional de 2006, com o livro 'O moinho', vários Votos de Aplauso da Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco e diploma de ‘Serviço Relevante Prestado à Nação’ do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (CONFEA).

Alexandre Santos é membro de diversas entidades, incluindo o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia, Instituto Solidarista de Estudos Políticos e Sociais Zanoni Lira Lins e da Academia Brasileira de Autores Solidaristas. Além de engenheiro da Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife, Alexandre Santos é editor geral do informativo ‘A Voz do Escritor’, membro do Conselho Editorial da Revista Algomais, do Conselho Consultivo da Revista Nova Águia (Lisboa, Portugal) e do Conselho Editorial da Revista Archipiélago (Cidade do México, México).

Atualmente, Alexandre Santos preside entidades importantes como o Clube de Engenharia de Pernambuco, a Associação Brasileira de Engenheiros Escritores e a União Brasileira dos Escritores ( no momento licenciado)

De formação solidarista, Alexandre Santos integrou o grupo que criou o Partido do Solidarismo Libertado e o Partido Solidarista Nacional. Esteve entre os fundadores do PSOL em Pernambuco, tendo sido membro da Executiva Estadual, onde ocupou a vice-presidência estadual do partido e a presidência comissão executiva municipal no Recife.

Entre os inúmeros artigos publicados, destacam-se ‘A Inflação Desmistificada’, ‘O Fantasma da Dívida’, ‘A Propriedade dos Meios Naturais de Produção’, ‘Os Conceitos de Economia’, ‘Fortalecimento da Economia de Base Local’, ‘O pregão e seus reflexos na economia dos estados da federação’.

Os livros já publicados por Alexandre Santos são 'Os retirantes', 'A inevitável primavera', 'Teoria do Valor', a série de cursos básicos - 'Matemática Financeira; 'Administração de Materiais' e 'Avaliação financeira dos Projetos de Investimento – 'Economia & Poder', 'Solidarismo: o Brasil para todos', 'Subsidiariedade Econômica: a opção decisiva', 'Em debate', 'O elo fundamental (O desenvolvimento integrado dos campos), 'Crise - o fim do ciclo liberal', 'O direito ao trabalho remunerado, 'O debate continua', 'A administração de pequenas empresas em tempos de crise', 'A face oculta do mercado', 'O moinho, publicado em Cuba sob o título ‘El molino’, 'O ato de produção', 'O attache', 'Bastidores & Camarins', 'G’Dausbbah', 'Uma abordagem da Economia de Comunhão como estratégia para o desenvolvimento local', 'Um livro de contos', 'Maldição e  fé' e 'Raízes'.

 

Todas as publicações de Alexandre Santos:

 

http://www.alexandresanttos.com.br/livros.html

 

Conhecendo-o, o que mais adicionar sobre a vida pública e literária do amigo, pessoa dinâmica que sabe como poucos acolher as pessoas que se aproximam da UBE.

Ele dirigindo-se a mim, disse-me, você não para, é um dínamo, eu digo que a pessoa que não conhece estacionar e parar no tempo é ele, tanto como produtor cultural, curador de várias feiras literárias, dirigente, porque demais está falar do escritor.

 

  Fonte: http://www.alexandresanttos.com.br/sobrealexandre.htm

 

 

Pesquisa e comentários

Luis Eduardo Garcia Aguiar

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor