Alverca - por Fernanda Comenda

Alverca - por Fernanda Comenda

ALVERCA

 

Alverca é uma cidade linda cheia de encantos…

É uma terra antiga vinda de séculos passados,

Mouros, mouras e cristãos em guerra andaram,

Uma moura ainda se ouve em noites de vento e lua cheia,

Grita a linda moura pelo seu amado e maravilhoso cristão

Que numa cilada morto foi pelo seu pai, rei e soberano de então!

Os restos das ruínas ainda lá estão e que visão,

A lua sobrepõe-se, lançando o seu mágico luar

E eu não consigo desviar o meu olhar

De tão místico cenário com uma linda moura magicamente a chorar…

O céu estrelado torna mais belo o cenário,

Uma casa antiga faz parte do meu imaginário!

Não muito longe, zona que hoje é autoestrada,

Deu-se a batalha de Alfarrobeira, nome do rio que aí corria, E assim, em 1449, no confronto entre os exércitos do Infante D. Pedro e o seu sobrinho de quem era regente, rei D. Afonso V, uma luta breve mas violenta aí se travou, dando vitória ao rei D. Afonso V.

O pobre Infante, filho de D.Filipa de Lencastre e de D.João I, um dos Infantes da Ínclita geração, extinguiu aí a sua vida, com uma flecha no seu nobre coração,

Durante três dias o seu corpo abandonado no campo ficou sendo recolhido por plebeus valentosos…

E o lema do Infante D.Pedro “Antes morrer grande e honrado que viver pequeno e desonrado”

Cumpriu-se, a uma avenida de Alverca o seu nome é dado!

Outro grande nobre, D.Álvaro Vaz de Almada,da fação do Infante,perdeu também a sua vida nessa fatal batalha, e a uma linda praceta onde eu habito o seu nome é presenteado!

Alverca rica em história, ela é feita de melodia, de aviões, a OGMA lá está presente, o Museu do Ar, agora também em Sintra, é um dos seus prestigios…

Alverca tem também gastronomia, os seus célebres queijos e os seus desejos…

Alverca tem museus, tem salinas, tem e já teve mais campos à sua volta, um

Choupal com sombras e água fresca, agora uma linda urbanização dá habitação!

Alverca de encantos tamanhos, de alegria e felicidade viu-me crescer, amar e viver!

Ai Alverca continua bela, não te percas para amor e harmonia dar à tua gente que tanto te quer!

 

10/09/16

Maria Fernanda Comenda

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

        

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor