Amanhece à tarde - por Luiza do Oh

Amanhece à tarde - por Luiza do Oh

 

Amanhece à tarde

 

Vivo

as coisas simples sentada

no chão entardecido da vida

onde as peças soltas

se iluminam

e recriam os saberes

 

revejo

sonhos que o tempo não apaga

depois das podas

que o coração

tenta deixar para trás

 

saboreio

a força do bonito

que a cabeça traz à tona

com sorrisos nas palavras

e beijos nos olhos

 

escalo

a demografia das emoções que amanhecem

num abraço

ao horizonte onde não chegara antes

ao mistério da semente

é que a esperança

é a certeza

vestida de paciência

 

publicado em 27/03/2014

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor