Amar - por Fernanda Comenda

Amar  - por Fernanda Comenda

Amar

 

Envolvida pelo som rouco do mar, deixo-me levar nos meus pensamentos,

vejo-me a sobrevoar a lagoa, entre a imensidão do azul mar e azul céu,

os meus braços, asas brancas de cetim, o meu corpo ouro dourado pelo sol,

cabelos plantas do mar, olhos de estrelas brilhantes, riso e lábios de carmim….

Na minha mão de sereia, a tua aperta a minha e voamos sem fim….

O teu corpo é maresia, a tua pele jasmim, os teus beijos de amor sem fim…

E o som do mar envolve-nos meigamente …

A lagoa lá em baixo, o céu e o sol são o espaço onde o piar das gaivotas se faz

Ouvir…

Ondas que ondulam, vento que sopra, sol que brilha e a pouco e pouco o sol

Vai baixando, o pintor vai pincelando na tela azul, laranja, cereja e beleza vai

crescendo…

Escuro está, a lua vai subindo, a sua luz iluminando, luzes amarelas artificiais

num instante vão nascendo….

O meu pensamento vai descendo

e os meus olhos entram nos teus olhos num amor imenso e sem fim!...

 

                                                                                              23-07-2015

                                                                                    In A Lagoa de Óbidos, o Mar e Eu

 

    

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor