Amor - por Luiz Amato

Amor - por Luiz Amato

Amor

 

De que me adianta ter varias mulheres,

Se em nenhuma delas encontrei,

A comunhão da alma.

 

Para todas entreguei,

A minha totalidade,

Mas o retorno, infeliz.

 

De algumas um olhar,

Umas poucas, um sorriso,

Triste a sina de um sonhador.

 

Assustado fiquei. Será assim?

Será que a modernidade quebrou,

A magia do prazer?

 

Porém quando estou com você,

Seja real ou em pensamento,

Percebo, a imensidão do meu engano.

 

Com você não há obrigações,

Nem créditos, nem cobranças,

Existe sim, parceria, cumplicidade.

 

Com você sinto a vibração,

De nossos corpos, nossas mentes,

Enfim, de todo o infinito.

 

Estar, sentir, conversar, olhar você,

Sua doce harmonia, sua luz,

É descobrir que,

Em sua plenitude como mulher,

O céu é a vida,

E o meu céu, é você.

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor