Apenas mulher - por Amy Dine

Apenas mulher - por Amy Dine

Apenas mulher

Era um jardim encantado…

 Um Homem contempla extasiado

 Ao acordar de seu sono profundo

 A mais bela criatura deste Mundo!

 Olhar penetrante, cabelos sedosos

 Pele macia, contornos formosos…

 E, sem saber muito bem o que dizer

 Tenta compreender afinal quem é esse ser

 Tão semelhante a si mas tão diferente

 Na sua forma de agir e de sentir…na sua mente!

 Ela então lhe diz: meu nome é Mulher

 E estarei presente onde o Homem estiver.

 De hoje em diante serei tua companheira

 Nem que seja em sonhos, acompanhar-te-ei a vida inteira

 Milénios se passaram e esse ser delicado e doce

 Por vezes tem sido tratado como se escória fosse.

 Mas a força interior com que foi dotada

 A tem feito lutar para ser respeitada.

 Viúva, irmã, filha ou mãe

 Casada ou solteira, mulher de ninguém

 A mulher sabe bem aquilo que quer

 E não cruza os braços até o obter.

 Aguenta o sofrimento, suporta a dor

 Mas fica de rastos se lhe negam amor.

 Consegue desdobrar-se em mil tarefas cada dia

 E ataca como leoa se lhe ferem a “cria”.

 Afinal, tu que pareces tão frágil e delicada

 Resistes a tudo, mesmo sem teres nada.

 Move montanhas o teu querer,

 Entregas-te com todo o teu ser;

 Àqueles que te ferem ainda sabes amar

 E quando humilhada sabes perdoar.

 Se te perguntam como consegues forças pr’a vencer

 Dizes naturalmente: Sou apenas MULHER!

 

Amy Dine

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor