Boa Viagem - por Luiza do Oh

Boa Viagem - por Luiza do Oh

POEMA:

Boa Viagem

 

Singelo e independente

avançava pela praia nordestina -

três anos tímidos

num espírito ousado

descendo o morro,

à boleia no bonde

para vender coisas bonitas

aos turistas de praia!

Nos bastidores de um sorriso aberto

a vontade indómita de vencer

na Boa Viagem

de levar uns reais

para a mãe sobrecarregada de vida

e nos olhos o sonho

de um dia ser gente como o português.

Parco a pedir...

derreteu-me as entranhas

e fiquei-lhe com vários pendentes;

ainda hoje de olhos toldados

pende a minha ternura e a minha prece

para o menino-homem

aventureiro das rotas  metropolitanas

dos sotaques estrangeiros

do estômago atamancado!

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor