Cacimba - por Antonio Montes

Cacimba - por Antonio Montes

CACIMBA

A mina d’água... Que mina?
_ Lá naquela grota de cima
_ E a menina pequenina
Com seu pano faz a ródia
E com o pote na cabeça
Na segunda e na terça
Sobe o morro a passadas
Vai pegar água na cacimba
Por muitos lírios, rodeada
E sai cantando a ciranda
Do mundo toda aclamada...
A menina já esta tão moça!
Sabe cantar e rimar
Sonha com seu príncipe encantado
Para aos teus sonhos acordar...
Que lhe tire das fantasias
E lhe coloque na vida real
Que encha o seu mundo de alegria
E não viva mais no informal
Pois as ródias são outras!
E os potes já não tem mais água
A cacimba... A muito furada
E as magias... Estão sem fadas.

 

publicado em 24/05/2014

 


 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor