Camaradagem - por Adriana Freitas

Camaradagem - por Adriana Freitas

CAMARADAGEM

 

Amigos são irmãos que a vida nos presenteia. Presentes de Deus. Não sei se são irmãos por escolha. Não sei se escolhemos e ou se somos escolhidos. Apenas sei que temos aquelas pessoas especiais que chegam na nossa vida. Entram sem pedir licença e se instalam de uma forma que nada separa. Tempo, distância, afazeres dos dias, sonhos. Nada é capaz de separar.

Há pessoas que mesmo distantes geograficamente estão perto. Podemos senti-las próximas. Podemos sempre contar. Podemos desabafar, falar dos segredos. As novidades sempre se renovam. Sempre a histórias para compartilhar. Com essas pessoas, a distância nunca é problema. A saudade pode até apertar, mas sempre se arranja um jeito de matá-la, abrandá-la. Superar a ausência física.

Há amigos irmãos, como também há irmãos amigos. Não faço distinção. O que muda é a genética, o tipo sanguíneo, mas o amor, ah o amor, esse não muda. É eterno, posso até arriscar que é incondicional.

Como em toda e qualquer relação, fraternal, amorosa, seja a natureza que for. Existe sempre aquele momento de discórdia, desavença, irritabilidade. Para ser amigo/irmão não precisa concordar sempre um com o outro. Gostar das mesmas coisas, ter as mesmas preferências.

Parceria não se mede pela quantidade que concordamos um com o outro. As opiniões às vezes divergem, o que pode até temperar os relacionamentos. A parceria se mede pelo conhecimento que o outro tem na gente, por mesmo que não haja concordância há o entendimento. É saber que independente da estação do ano aquela pessoa ou aquelas pessoas especiais farão parte sempre das nossas vidas.

 

Clique aqui para conhecer página da autora no Facebook

 

 

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor