Carla Ribeiro - Entrevistada

Carla Ribeiro - Entrevistada

por Shirley M. Cavalcante (SMC)

 

Carla Maria Cardoso Ribeiro, tripeira de Paranhos, nascida em 7 de Março de 1971.

Tenho 44 anos, sou divorciada e mãe de um filho lindo de 16 anos.

Fiz os meus estudos no Porto, tendo feito o secundário na Escola Secundária António Nobre. Uma amante de Química, tendo entrado no ISEP (Instituto Superior de Engenharia do Porto).

Hoje não me identifico de todo com esta área, não me arrependendo de não ter concluído esta minha caminhada académica.

Quem sabe a faculdade não voltará a fazer parte um dia da minha vida.

Sei que um dia irei fazer voluntariado também com crianças, espero que seja com crianças do IPO. No momento certo, saberei que chegou o momento de iniciar esse caminho

Uma mulher, que não para, “pronta” a chegar aos corações, aos sentimentos.

Uma Mulher que Ama incondicionalmente.

“Confesso que acho que se tivéssemos mais bancos de troca de livros, poderíamos chegar a um número mais basto de pessoas que gostam de ler e não têm como comprar os mesmos.”

 

Boa Leitura!

 

Divulga Escritor - Escritora Carla Ribeiro é um prazer contarmos com a sua participação no projeto Divulga Escritor, conte-nos o que a motivou a ter gosto pela escrita literária?

Carla Ribeiro - Descobri na adolescência o gosto pela escrita quando comecei a escrever para o Jornal do grupo de Jovens ao qual pertencia. Sempre foi uma escrita baseada no sentir e no vivenciar de experiencias e sentimentos. Redescubro essa necessidade anos mais tarde quando senti necessidade de escrever sobre vivências pessoais. Muitos destes escritos pela vivência que transpunha para eles foram por mim rasgados e eliminados em definitivo do meu computador, pois marcavam muita dor e muito sofrimento. Foram nesta faze uma forma de me libertar dessa dor. Depois fui voltando a escrever com naturalidade, novamente sobre sentimentos e vivencias, sonhos e ilusões, passando desta forma a escrita a ser também ela uma forma de estar e ser, fazendo parte da minha vida.

 

Divulga Escritor - Qual os principais objetivos do projeto “As nossas saídas são “Saídas de Rua” de Amor!? Como funciona?

Carla Ribeiro - Despois de fazer alguma experiencia de voluntariado, também elas com sem-abrigo, junto de instituições em Janeiro de 2014 parti para uma nova caminhada, e criei um grupo de apoio aos sem-abrigo a quem chamamos de Amigos de Rua.

“Corações Amigos”, um grupo criado com muito Amor, ao qual me entreguei de corpo e alma com o enorme e grande apoio de dois Amigos e da minha família. Sem o apoio deles nada seria possível. São “Saídas de Rua” de Amor, pois para além de algum alimento que lhes aquece o corpo, levamos o Amor que lhes aquece a alma e o coração. Vamos disponíveis para falar com eles, para os escutar, lavamos sorrisos, alegria para matar alguma da solidão deles. São noites de Amor, pois é o Amor que nos move a cada noite, esteja frio, chuva, vento, sol…. Não importa o tempo, apenas cada encontro, reencontro que a cada noite nos espera.

 

Divulga Escritor - Que temas você costuma abordar em seus textos literários?

Carla Ribeiro - Os temas são vários, pois para a Coluna de Jornal para o qual escrevo, abranjo o leque variado de temas, desde temas da actualidade, a relatos de noites passadas com os nossos Amigos de Rua, podendo desta forma também mostrar a um leque vasto de leitores o trabalho que o grupo desenvolve e os apoios que ainda necessita, para podermos assim ajudar mais e melhor, em por nós espera a cada noite na Rua.

Na poesia o Amor, eu diria que é o meu tema preferido, a sensualidade mas sempre fruto de um sentimento puro e verdadeiro, tantas vezes mitigados por vivências pessoais, por sonhos, por desejos, até ilusões, mas neles sempre um cunho de Amor, quando é dor que eles pretendem transmitir. O Romantismo e a sensualidade, as vezes até a linha do erotismo, uma escrita extremamente desafiante, mas que terá sempre um núcleo muito restrito de reais leitores capazes de apreciarem sem tabus este tipo de escrita.

 

Divulga Escritor - Qual a mensagem que você quer transmitir aos leitores através dos temas abordados?

Carla Ribeiro - Relativamente aos temas do Jornal, alertar, sensibilizar, passar um testemunho, para que quem me lê possa perceber que não está só, e que por vezes dar um “grito” nos liberta e abre a mente e o coração para novos caminhos, para termos a coragem que nos faltava, para um novo começo.

Com a poesia, os sentimentos, o tanto, que podemos sentir e amar.

A saudade, ou até a dor, são sempre um sinal que um dia existiu o Amor. Penso que é um cunho pessoal e positivo de ver e sentir a vida.

 

Divulga Escritor - Pensas em publicar um livro solo?

Carla Ribeiro - Sim faz parte dos meus projetos publicar um livro a solo.

Este ano foi um ano em que participei em 5 coletâneas e um Ebook.

Todas, estas experienciais, foram para mim, muito importantes e enriquecedoras, para também desta forma dar a conhecer os meus trabalhos.

Mas, sim, já estou a preparar um livro a solo.

Espero ter tudo pronto para o apresentar pela altura do meu aniversário.

Depois seguir-se-ão algumas apresentações, algumas acompanhadas de exposições, estas já marcadas.

Quanto ao nome do livro fica ainda por desvendar, sendo que a capa será certamente uma pintura executada pelo meu filho.

 

Divulga Escritor - Além de projetos sociais, tens um programa de rádio, conte-nos como é definida a pauta para o programa, quem desejar participar como deve proceder?

Carla Ribeiro - Sim é verdade, um programa de rádio desde Março de 2015.

Após um convite para uma entrevista na Radio Matosinhos Online, no programa Claramente Falando, com o seu director Sr. Adelino Costa. A entrevista foi para falar sobre o meu grupo de apoio aos sem-abrigo, no qual li alguns poemas reflexo do meu sentir durantes estas noites. No seguimento desta entrevista e depois do mesmo acompanhar já algumas publicações de alguns trabalhos meus no Facebook, surgiu o convite para abraçar um novo projeto.

Assegurar na Radio um programa de Poesia.

Surge então o programa “Conversar com as palavras”,

Ao longo destes meses o programa tem-se pautado pela divulgação de novos escritores, levando-os ao programa como convidados, podendo desta forma ficar a conhecer um pouco o seu percurso e os seus trabalhos, tendo ou não já livros editados. Divulgo apresentações e lançamentos de livros, bem como tertúlias e saraus de Poesia.

“Conversar com as palavras” , é há quinta-feira das 21 horas às 23:30 horas, para poder ser um dos próximos convidados basta enviar um Email para conversarcomaspalavras.rmo@gmail.com .

Para ouvir basta aceder ao link: www.radiomatosinhosonline.pt

 

Divulga Escritor - Você tem uma coluna no “Etc e tal” qual o objetivo dos textos apresentados nesta coluna? Quem desejar como deve proceder para acessar?

Carla Ribeiro - Relativamente aos temas do Jornal, alertar, sensibilizar, passar um testemunho, para que quem me lê possa perceber que não está só, e que por vezes dar um “grito” nos liberta e abre a mente e o coração para novos caminhos, para termos a coragem que nos faltava, para um novo começo.

Temas as vezes polémicos, que façam os leitores ficar a pensar no tema.

Para ler basta para tal entrar na página do ETC e TAL jornal em http://etcetaljornal.pt/j/ , aceder a coluna de Opinião, Rúbrica Relatos, http://etcetaljornal.pt/j/category/opiniao/relatos/ .

 

Divulga Escritor - Como você vê o mercado literário em Portugal?

Carla Ribeiro - Acho que estamos em mudança.

Vejo cada vez mais jovens interessados em ler. Parece que se volta a cultivar o gosto pela leitura. Nota-se uma maior procura dos “Alfarrabistas”, numa busca de edições antigas de livros de maior interesse literário.

 

Divulga Escritor - Quais melhorias você citaria para o mercado literário português?

Carla Ribeiro - Penso que há um crescente de pessoas a editarem livros.

A maior dificuldade é encontrar uma editora que tenha no seu mecanismo de edição de livros já uma vasta rede para a venda dos mesmos.

É importante dar valor aos novos escritores, um leque crescente de quem descobre na escrita a sua identidade.

Confesso que acho que se tivéssemos mais bancos de troca de livros, poderíamos chegar a um número mais basto de pessoas que gostam de ler e não têm como comprar os mesmos.

 

Divulga Escritor - Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista. Muito bom conhecer melhor a escritora Carla Ribeiro. Agradecemos sua participação no projeto Divulga Escritor. Que mensagem você deixa para nossos leitores?

Carla Ribeiro - Tenho que antes de mais agradecer o convite, que me endereçaram.

Fazem um trabalho excelente na divulgação desta nova geração de escritores também Portugueses.

A mensagem que deixo a todos os que me lêem, não poderia deixar de ser um Obrigada, pelo vosso carinho, por me lerem e pela forma carinhosa como sempre me recebem.

Nunca desistam de despertar para a Vida, de se transformarem e de fazerem o caminho da mudança com Amor, e sem medo de sentir.

“…. Que cresça em cada um a vontade de acreditar,

O sentido de transformar,

E a necessidade de mudar.

Que nestes mantos repletos de cor e mudança,

Encontremos a nossa mudança.”

In “As cores da mudança”, de Carla Ribeiro

 

Participe do projeto Divulga Escritor

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

Contato: divulga@divulgaescritor.com

 

Imagem para apresentação da entrevista

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor