Carlos Bondoso

Carlos Bondoso

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)

Escritor Carlos Fernando Bondoso, nasceu em Moimenta da Beira, uma linda vila de Portugal.

Acompanhou seus pais na sua ida para África, mais propriamente S.Tomé e Príncipe, tinha três anos de idade. Permaneceu naquele continente vinte e seis anos, que lhe marcaram profundamente e foi aí que começou a ter o gosto pela escrita quando ainda estudante no único liceu existente D.João II. Foram marcantes esses tempos para o autor que fez amizades das quais nunca se distanciou pois mantem contactos permanentes com esses seus amigos e isso para o autor é de uma riqueza imensurável.

Presentemente mora na cidade do Montijo.

      “O meu primeiro livro ”sombras que falam” foi escrito baseado na minha vivência  em África. Quase todos os poemas revelam o encanto que tenho por aquela gente e beleza daquelas ilhas no meio do mundo.

Boa leitura!

 

SMC - Escritor Carlos Bondoso é uma honra tê-lo conosco no projeto Divulga Escritor, conte-nos como começou seu gosto pela escrita? Como foi o caminho percorrido até a publicação do seu primeiro livro, soube que você perdeu alguns de seus escritos, como foi que aconteceu?

Carlos Bondoso - O meu gosto pela escrita começou, nos meus tempos de estudante no liceu. Foi ai que comecei a fazer as minhas primeiras redações e poemas que por vezes até eram lidas em voz alta para a turma como referenciada pelo próprio professor.

Tudo foi guardado assim como os meus livros mais preciosos quase todos eles de grandes escritores russos.

Entretanto depois de ter cumprido serviço militar,fui para Luanda-Angola,onde trabalhei numa empresa de importação de automóveis.

Os meus pais resolveram regressar a Portugal e com eles vieram todos os meus escritos de quando era estudante assim como todos os meus livros. Azar... essa mala desapareceu no porto de Lisboa.

Estive em Angola cinco anos e nesse período nunca mais escrevi.

Regressei a Portugal e mais propriamente à quatro anos recomecei a escrever.

 

SMC - Quais são as suas referências literárias? Que autores influenciaram em sua formação como escritor?

Carlos Bondoso - As minhas grandes referências literárias são os grandes escritores russos que nessa altura me influenciaram a ter o gosto pela literatura, nomeadamente Máximo Gorki, Nicolay Godol com a sua obra prima “almas mortas” Fiodor Dostoievski com o “Idiota” “irmãos caramazov” Leão Tolstoi com “guerra e paz” e Anton Tchekhov um grande contista.

Os poetas de referência são Fernando Pessoa,Mário Quintana, Miguel Torga e ainda os clássicos Antero de Quental,Cesário Verde entre outros.

 

SMC - Fale-nos um pouco sobre seus livros "Sombras que Falam" e "cor Púrpura" O que diferencia um do outro? Para quem você indica a leitura de seus livros?

Carlos Bondoso - O meu primeiro livro ”sombras que falam” foi escrito baseado na minha vivência em África. Quase todos os poemas revelam o encanto que tenho por aquela gente e beleza daquelas ilhas no meio do mundo.

O segundo “cor púrpura” também publicado em 2012, é um livro de poemas de amor de inquietude e de alguma intervenção.Passo a citar algumas palavras do prefaciador do livro Dr.João Saltão professor universitário.

“A discrição intrínseca de atmosferas gris que emergem da solidão e do abandono,estão retratadas magistralmente neste conjunto de poemas, através da doçura paradoxalmente crua do dizer do autor, fazendo desta dicotomia entre o aprazivelmente belo e o desencanto do abandono, a força perturbadora deste livro.”

Indico a leitura dos meus livros a todos os amantes de poesia e mesmo àqueles que não apreciam.

 

SMC - Escritor Carlos Bondoso, estou sabendo que vem ai um terceiro livro, já temos um título para o livro? que temas você vai abordar no livro através de suas poesias? Quais são seus próximos projetos literários?

Carlos Bondoso - Já tenho um terceiro livro pronto a ser editado em Outubro deste ano que tem por título

“a outra face do verso” é mais um livro de poesia, com poemas de amor de denúncia e dos sentidos. Estou também a escrever um romance que espero publicar em 2014.

,

SMC - Onde podemos comprar os seus livros?.

Carlos Bondoso - Os meus livros podem ser adquiridos nas livrarias da “chiado editora”,fnac e ainda em todas as livrarias do país que tenha parceria com a editora “chiado editora”

O meu e-mail é:carlosbondosofernando@gmail.com

 

SMC - De que forma você, hoje, divulga seu trabalho?

Carlos Bondoso - Através do Facebook, de algumas revistas literárias para as quais escrevo, assim como, para “as flores do mal” para a “chama folhas poéticas” para os” confrades da poesia” para o boletim informativo e cultural da “Associação Portuguesa de Poetas” da qual eu sou vice presidente da delegação da zona sul do tejo.

 

SMC - Quem é o Carlos Bondoso? O que você gosta de fazer nos dias livres?

Carlos Bondoso - Sou um homem normal que gosta muito de viver, de falar com os amigos, olhar o mar e receber aquele tempero do sal.

Tornei-me escravo das palavras e dificilmente vou serenar.

 

SMC - Quais as melhorias que você citaria para o mercado literário em Portugal?

Carlos Bondoso -  Às editoras recomendava uma melhor divulgação dos novos escritores pois há gente a escrever muito bem.

 

SMC - Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista, agradecemos sua participação, muito bom conhecer melhor o Escritor Carlos Bondoso, que mensagem você deixa para nossos leitores?

Carlos Bondoso - O meu muito obrigado e para nunca deixem de ler porque ler é saber!

 

     Participe do projeto Divulga Escritor

      https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor