Cheira a Bafio... Neste país - por Maria de Fátima Soares

Cheira a Bafio... Neste país - por Maria de Fátima Soares

 

CHEIRA A BAFIO... NESTE PAÌS

 

Cheira a mofo neste aposento

um cheiro trazido pelo vento

a esta casa, de nome país.

Está!

Está tudo bolorento,

podre, com ar bafiento,

coberto de esverdeado nojento,

quando não foi isto que sonhei,

muito menos, que lutei...

Decerto, o que nunca quis!

 

Onde andará essa dama? 

Não serei só, 

quem por si, chama,

desesperada e enfraquecida,

muito pelos desapegos da vida,

tanta traição que dá dó...

Quando pela liberdade, se clama,

e dela, não se vê, mais a flama

apenas nos chega a infâmia

corrupção e ousadia, de todo que a putrefaz!

 

Ai, miséria envergonhada,

à emigração obrigada,

expulsam-te das galerias

põe-te fora do país,

lançam-te os cães ao caminho

atiram-te leis ao focinho

e tu não tuges, nem muges,

ou pouco já te importa, mugir...

Tanta vaca e tanta teta

que a certos alimenta. A outros só faz carpir. 

 

Recolhe as lágrimas com orgulho...

Meu povo! E faz correr, sangue novo,

dá à lixeira o entulho,

que te traz enclausurado.

Canta! Luta! Solta a bandeira e o cravo

e mostra do que és capaz

Pois cheira a bafio, neste país. 

E não foi isto que sonhámos,

nunca aquilo, por que lutámos,

decerto, o que nenhum de nós quis!

 

Maria de Fátima Soares

 

Página da colunista

http://www.divulgaescritor.com/products/maria-de-fatima-soares-colunista/

 

Publicado em 01/04/2014

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor