Columbário - por Ana Maria dos Santos

Columbário  - por Ana Maria dos Santos

Columbário

 

Silêncio no coração!

acompanho numa procissão Tónatos

‘’facies hipócritas’’ ,planície secas

Ânforas que se partiram

deixando escapar a última essência de vida

Agora nessa constância

flores acompanham a tua carne fria

Virará adubo tua inocência

Não ouviras nem vozes nem risos

Estancaram-se as tuas fontes de alegria

Todos te olham pela última vez

Tua irmã sorri tristemente

Tua amada recebe um beijo morto

Murmura ao teu ouvido

Como se pedisse para renasceres,

mas não se comoves.

Os sinos dobram

com golpes inconsequentes

Num colúmbario

Fecha-se o teu livro para sempre.

 

Ana maria dos santos

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor