Como quem adormece - por Luiza do Oh

Como quem adormece - por Luiza do Oh
Como quem adormece
 

Chegaste de mansinho como o sono
vieste pé ante pé
no prazer da companhia, no riso franco
numa amizade com sabor de fruta
Nesse adormecer tornaste-te descanso
do coração sedento
de encontro fortuito a satisfação gradual
foste presença que não se quer perder
E achei-me no sono profundo
de uma paixão com raiz
de olhos que faziam amor 
com a alma do outro
Adormeci sob o olhar das estrelas
que cintilavam noite e dia no teu rosto
entre luminares e nuvens de chuva
no sono íntimo de encantos 

Amei como quem adormece…


Luiza do Oh

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor