Companhia - por Adriana Freitas

Companhia - por Adriana Freitas

COMPANHIA

 

E quando a dor chega, o que fazer? Já pensei em me livrar dela, abafá-la, dopá-la até esquecer. Até adormecer. Só não tentei fingir que ela não existe. Preferi deixa-la vir. Nem fugir e nem camuflar.

Assumir a dor, conviver com ela. Acostumar-se até não doer mais. Até ela ter um papel secundário na vida. Até sua ferida secar ou não me paralisar de medo ou dor. Não alimentá-la e nem tentar extingui-la.

Apenas deixar seguir o seu curso. Aprendendo a conviver com ela. Já que ela, teimosa, insiste em ficar. E por mais que eu tente, ela não se despede.

 

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor