Da água e da terra - por Conceição Oliveira

Da água e da terra - por Conceição Oliveira

Da água e da terra

 

E é quando eu me descanso os olhos em ti

que me permito a invasão dos sons

neste louvor à natureza.

soletrado em cada voo

de uma gaivota perdida.

 

Mergulho

e alicerço a minha âncora

no espaço infinito de Eros.

 

E é quando me afagas e me embalas

as tardes oblíquas, telúricas

e líquidas onduladas

numa embriaguez de Ego

que sinto, no cheiro teu

a maresia do espaço meu.

Nesse voo livre, a pique

perfuro ondas agitadas

e ocorre em mim o deificar da natureza

que assumo e exploro

num apego de sonho

junto a ti magna aqua.

 

Perscruto o oráculo.

Et carpe diem magna terra

viver junto a ti

aproveitar o momento.

 

O louvor que te devo!

 

Da Raiz (transparências) – Palimage, Edições Terra Ocre, Dezembro, 2014

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor