Desejo

Desejo

Almejo reencontrar-te, Cristo amado, 
Entrar nesse teu peito, em tua mente,
Contar-te as mágoas que minha alma sente,
Sentir o teu perdão desinteressado

O brilho dos teus olhos, eloquente
Licão de paz, de amor e de harmonia,
Faz-me sentir conforto e alegria
E torna a minha vida tão diferente

Abre meus olhos, quero despertar
Da minha letargia, reencontrar
A paz que faz viver serenamente

Ó! Não desvies teu olhar do meu
Eu sei que ainda um dia lá no céu
Nós vamos viver juntos para sempre 

José Sepúlveda

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor