Dia Feliz - por Helena Santos

Dia Feliz - por Helena Santos

DIA FELIZ

 

Hoje acordei perfume
Livrei-me do azedume
Desci à fonte do querer
E recuperei a energia perdida
Nas noites em que a escuridão era tal
Que já nem o corpo alcançava a vida
Pintei-me de arco iris
E os meus longos cabelos negros
Enfeitei-os com cachos de amizade pura
Sem prazo, sem preço, nem censura
Só liberdade, respeito e doçura
Para assim se entregarem ao vento
Soltos, na maior aventura
E vesti-me de gala, a vida merece
Um longo vestido cor de candura
Bordado a sorrisos que espelham magia e ternura
Os meus pés, envolvi-os em nuvens de algodão
Não vá por distração, pisar algum coração
E não quero provocar um só arranhão
Os sentimentos merecem a máxima atenção
Assim, sim…
Com leveza na alma, nem as nuvens mais negras
Conseguirão boicotar o brilho do sol
O céu está tão azul…
E nós, só temos de desfrutar
E nos deixar enfeitiçar
Hoje tenho a sorte a me bafejar
Trouxe-me cor e harmonia
Gargalhou comigo
E comecei o dia, feliz
Tal como queria!

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor