Diferenças - por Ione Kadlec

Diferenças - por Ione Kadlec

DIFERENÇAS

 

Que me venha este olhar.

Felino ou não, mas disposto a enxergar coisas miúdas, finas, diferentes a brotar das treliças de madeiras que, pacificas, sustentam cachos fartos, ralos, graciosos, ásperos, doces, azedos, agridoces daquelas pesadas roseiras: rosas, mil tons, mas sempre rosas.

Ouvindo o vento, antônimo e sinônimo de todas as coisas, a produzir o som das violas, vozes, mares, vilões e gaiolas a bailar nas nuvens, acompanhados das estrelas: diamantes no dedo de Deus.

Que me venha este olhar certeiro, mudo, revelador, leitor das linhas das mãos - traços mal feitos - linhas apagadas a desenhar rios, corpos, que desaguam no coração.

Pedalando letras, cosendo sílabas, vivendo. Vivendo na rede farta: peixes. Olhando rios finos a se abrirem como o Tejo. 

Faço-me equívocos, enganos, amor e paixão numa alma simples e mortal, repleta de ausências, encharcada de esperança, com os pés no flamenco. 

Que me venham todos estes olhares feitos mãos abertas, abraços apertados, amorosos. Brilhando igualdade, fraternidade, como a lua cheia, na mais linda noite de verão.

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor