Dine - por Amy Dine

Dine - por Amy Dine

DINE


Lá em Dine, Trás-os-Montes,

Terra de rara beleza,

Desci rios, subi montes,

Partilhei co’a natureza

 

Nas árvores os passarinhos

Saltitam de galho em galho

Alimentando os filhinhos…

Deu-lhes Deus esse trabalho

 

E nos campos, animais

Vão pastando de mansinho

E há imensos milheirais

Sempre ao longo do caminho

 

Corre o Tuela mais além

De águas frescas e claras

Nele trutas vão e vêm.

Estas são imagens raras

 

Um moinho já velhinho

Agora desactivado

Relembra-nos com carinho

As histórias de um passado.

 

Já no alto da colina

Contemplo tudo ao redor

Vejo a aldeia pequenina

Branquinha - que esplendor!

 

Grutas! Os fornos de cal,

A Igreja pequenina

E até o Museu local,

Ai, meus sonhos de menina…

 

Ó terra p’ra mim querida

E origem de meu nome,

Amar-te-ei toda a vida

Até que a morte me tome.

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

        

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor