Do poeta - por Marcelo Allgayer

Do poeta - por Marcelo Allgayer

Do poeta

 

Muitas pessoas escrevem sobre o poeta. Tentarei neste texto tecer um pouco de teoria sobre o poeta, seu espaço, vivência, enfim, aspectos sentimentais sobre alguma poesia.

 

Com efeito, com a poesia o poeta tem o seu momento de reflexão, jogando com as palavras como se elas fossem partes de um quebra-cabeças. Quando o autor do texto poético reclama, clama, vibra, vislumbrando algo diferente em sua vida, ele está exercendo o seu direito para que venha um mundo melhor, tanto para o poeta, como para o seu próximo. Nesse sentido, o texto em poesia é aquilo que o seu protagonista "joga pra fora", fazendo um exercício de transcendência, de se lançar ao espaço.

 

Poderíamos pensar: Qual o espaço que o poeta procura? Seria necessariamente o preenchimento das coisas vazias, amorfas, capazes de inquietá-lo na sua existência. Ou o espaço para o vislumbre do amor, da saudade ou esperança, temas muito comuns e ainda recorrentes na poesia contemporâneaDo poeta

 

Assim, o poeta procura, talvez a sua mais pura essência do significado da vida, pois como dizia o filósofo Jean Paul Sarte: "A existência precede a essência". Aliás, na prática, o existir do poeta é um constante desafio, enquanto ser pensante que mostra, como autor de sua obra, os seus sentimentos, as incertezas, provocadas pelo mundo em que vive.

 

Poderíamos também pensar: Qual é o mundo que o poeta vive? O que cativa mais a construção de seus textos?

 

No contexto vivido, por exemplo, por um poeta Cristão, ele tem a fé como baluarte, como escudo e verdadeira salvação. Assim, esse poeta clama pelo único caminho que lhe parece viável em sua vida, isto é, pelo reduto, refúgio ou saída que tem para se sentir seguro e tranquilo. Assim, o poeta Cristão tem a fé na providência divina.

 

Por outro lado, há os poetas que gostam do verso enraizado no amor entre duas pessoas. É nestas horas que, tomados pela emoção, fazem lindos versos, irradiam os mais variados sentimentos: platônicos, por vezes; felizes em outros instantes.

 

Assim, existem diversas formas de se fazer poesia em suas diversas concepções de mundo. Neste texto, fiz referência com mais             

 

intensidade aos temas da existência e do amor, mas cada um tem as suas preferências.

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor