É Natal - por José Sepúlveda

É Natal - por José Sepúlveda

É Natal

 

Que frio! Cai a neve lá na aldeia...

E os pequeninos correm ao quintal

Em busca de pedrinhas e de areia

Para o presépio deste seu Natal.

 

E partem pelo vale, pelo monte,

Colhendo musgos, líquen’s, azevinho,

À espera que a avozinha venha e conte

A história da vaquinha e do burrinho.

 

E mesmo com as mãozinhass tão geladas,

Constroem seu presépio... E animadas

Co'as luzes que se espalham ao redor,

 

Revivem o Natal da sua aldeia

Com toda essa magia que rodeia

A história do Menino Deus de Amor!

 

José Sepúlveda

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor