Edyangel Marques - Entrevistada

Edyangel Marques - Entrevistada

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)

 

Edilene de Jesus Marques Gonçalves (1978) é filha de Lourença Marques Gonçalves e Efigênio Ribeiro Cardoso. Filha de mãe solteira e criada pelos avós, dedicou sua infância a trabalhar na lavoura pra ajudá-los. Parou seus estudos aos 10 anos de idade, retornando aos 25 anos. Em 2010, com muito esforço e dedicação, obteve seu diploma do ensino médio. Aos 34 anos, em 2012, entrou para a faculdade de Serviço Social, seu tão esperado sonho. Casada, é mãe de quatros filhos, Laieny, Matheus, Saymon e Sayllus. Vive em Franca (SP). Dedicou-se a escrever a sua história, uma vida sofrida e difícil que teve na sua infância, onde mostra às pessoas que, por mais que estejam no escuro, sempre haverá uma luz no fundo do túnel.

 

“Com uma narrativa simples e ágil, porém intensa e plena, a autora Edyangel Marques conta a própria história, deixando um exemplo de força e sabedoria. Uma história real e cativante.”

 

Boa Leitura!

 

Divulga Escritor - Escritora Edyangel Marques, é um prazer contarmos com a sua participação no projeto Divulga Escritor. Conte-nos em que momento pensou em escrever um livro?

Edyangel Marques - Na verdade, devido a tantas provações que passei e pelas oportunidades que quase não tive, como, por exemplo, terminar os meus estudos, que, para mim, era um grande sonho. Nunca me passou pela minha cabeça escrever. Meu sonho mesmo era obter meu diploma do terceiro colegial. Hoje não é nada, mas para mim era um objetivo que sonhava em alcançar. Depois de ter alcançado esse tão esperado sonho, fui em busca de outros que queria realizar. Comecei a fazer teatro. Foi aí onde começou e nasceu a nova Edyangel. Através de uma simples brincadeira, meu diretor pediu para sua equipe contar um fato que ocorreu no nosso passado.

Algo que nos machucou. Pediu pra fazer o desenho e depois mostrar aos colegas.

Eu logo comecei a chorar e não conseguia falar. Foi onde ele percebeu que eu carregava uma grande tristeza no coração. Ele me olhou e me disse “vai mais tarde na minha casa que precisamos conversar”. Lá eu desabafei e contei minha história de vida, chorando igual uma criança. Então disse “você ainda não parou pra pensar, mas você tem uma história de vida linda, por toda dor que passou. Você pode transformá-la em alegria, é uma história de superação e você vai colocar isso no papel. Vai escrever um livro e mostrar para as pessoas essa linda história de vida”. Foi aí que comecei a descobrir o meu encanto pela escrita.

 

Divulga Escritor - Quais os principais desafios para escrita de “Infância Perdida”?

Edyangel Marques - O principal desafio foi ter que relembrar de um passado com momentos de angústia e tristeza. Cada linha que escrevia, lágrimas caíam. Depois de ter passado para o papel a minha dor, veio a dificuldade de publicar, porque não achava ninguém pra me instruir e dizer por onde começar. Acabei deixando minha história na gaveta por dois anos.

Depois disse pra mim mesma “O mais difícil foi superar. Agora vou em busca de conhecimentos para publicar meu livro”. E assim foi feito. Não tinha vergonha de buscar informações com as pessoas, fazia pesquisas. Levei muitos “nãos”.

Muitos sorriam na minha cara quando fazia algumas perguntas que, para mim, eram desconhecidas, mas pra eles eram comuns. Mas tudo isso não me fez desistir.

 

Divulga Escritor - Qual a mensagem que você quer transmitir ao leitor através do enredo que compõe a obra?

Edyangel Marques - A mensagem que quero transmitir para as pessoas que passaram ou estão passando pelo que passei é que é para nunca desistir, sempre acreditar no impossível como sempre acreditei. Porque quando se tem Deus no coração, sempre a haverá uma luz e um pouco de esperança no fundo do túnel. Por mais que o vento sopre contra você, lute com garra e determinação. Assim, tudo o que queremos conseguimos, basta acreditar em nós mesmos, pois podemos e somos capazes.

 

Divulga Escritor - “Infância Perdida” é um livro baseado em fatos reais. Conte-nos um pouco sobre a obra.

Edyangel Marques - Quanto pode suportar uma criança em uma situação completamente adversa e humilhante, para se manter fiel aos seus princípios e se manter viva? Edilene é uma garotinha de 12 anos que, na promessa de partir para a cidade grande na esperança de uma vida melhor, cai numa armadilha preparada pela própria tia e por um perigoso traficante e vive situações que ultrapassam o limite da resistência, da coragem e da fé. Com uma narrativa simples e ágil, porém intensa e plena, a autora Edyangel Marques conta a própria história, deixando um exemplo de força e sabedoria. Uma história real e cativante.

 

Divulga Escritor - O que mais a encanta em “Infância Perdida”?

Edyangel Marques - O que mais me encanta foi a forma istratégica de uma menina de doze anos, que não conhecia nada do mundo, sendo do interior, onde o único conhecimento que tinha era a instrução de umas pessoas idosas, sua avó e seu avô, conseguiu sair de uma trama sórdida e sobreviver em uma favela onde queriam a sua destruição.

 

Divulga Escritor - Onde podemos comprar o seu livro? (podes deixar links para compra e email para compra em resposta)

Edyangel Marques - Pode comprar o livro através do meu email: Edyangel-123@hotmail.com

https://www.facebook.com/groups/306229939563524/

 

http://editoramultifoco.com.br/loja/?s=infancia+perdida

 

Divulga Escritor - Você gosta de escrever outros tipos de textos literários?

Edyangel Marques - Sim, gosto muito de romance, ficção e poemas.

 

Divulga Escritor - Quais os principais hobbies da autora Edyangel?

Edyangel Marques - Gosto de cantar nos finais de semana, adoro dançar e sempre ir ao cinema.

 

Divulga Escritor - Como você vê o mercado literário brasileiro?

Edyangel Marques - Com o crescimento do setor, autores e pequenas editoras buscam caminhos para se manter em um mercado competitivo e conquistar novos leitores. Não há como falar hoje em mercado editorial sem pensar nos livros digitais. Ainda recente no Brasil, os e-books já começaram a trazer resultados para a editoras e novos escritores. Por mais difícil ainda que seja publicar um livro, hoje há mais chance que tempos atrás.

 

Divulga Escritor - Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista. Muito bom conhecer melhor a escritora Edyangel. Agradecemos sua participação no projeto Divulga Escritor. Conte-nos, em sua opinião, o que o leitor pode fazer para ajudar a vencermos os desafios encontrados no mercado literário brasileiro?

Edyangel Marques - Em primeiro lugar, quero agradecer aos colaboradores pela oportunidade em participar desse excelente trabalho que o projeto divulga escritor realiza.

Todo escritor deve procurar ler mais e os leitores têm que valorizar mais a nossa literatura nacional. Não devem procurar ler só livros que estão na mídia, mas dar crédito a novos escritores desconhecidos. Como se diz o ditado, nunca julgue um livro pela capa. Não importa se o autor é desconhecido, primeiro veja o conteúdo, porque pode ser mais interessante do que se imagina.

 

 

Participe do Projeto Divulga Escritor

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor