Efeito do Tempo - por Adriana Freitas

Efeito do Tempo  - por Adriana Freitas

EFEITO DO TEMPO

 

            As rugas começam a aparecer no meu rosto. Eu sei que é um processo inevitável. Eu sei até que elas foram generosas e demoraram um pouco a aparecer. Mas ruga é o tipo de coisa que sempre pode esperar um pouco mais. Ela bem que poderia ter deixado para o dia seguinte ou mais pra frente.

            A gravidade age com tudo, nos enruga, puxa nossos peitos e bunda para baixo. Os cabelos embranquecem, a balança teima em subir. É o desastre total. Há mulheres que não se importam. Simplesmente se deixam levar pela fatalidade do tempo. Mas para outras não. Para o cabelo existe tinta. Para o bumbum: lipo, massagem, pilates, bicicleta, musculação. Para o rosto: cremes importados, intervenções estéticas. Para a balança adeus a mousse de chocolate, sorvete, adeus rendição aos prazeres do garfo.

            Se vai valer a pena? Quem sabe! A luta é diária. Um dia nada disso importará mais. Mas até lá... Muitas águas irão rolar. Até esse dia chegar... Sempre se pode querer ficar bonita. E para ser bonita não precisa ter 15 ou 20 anos, é preciso por isso em mente. Beleza e idade são momentos distintos e tem mais a ver com estado de espírito que as voltas que damos em torno do sol. Ser bonita é um direito e para a satisfação, seja ela qual for; não tem idade.

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor