Em frenesi transita... - por Lorena Zago

Em frenesi transita... - por Lorena Zago

  Em frenesi transita...

                        ( Lorena Zago)

 

Amor de ti me encontro tão distante,

Do teu olhar preciso a cada instante,

Penso em ti e sinto a conexão vibrante,

De duas almas a conclamar,

 a incessante loucura de um toque

em nossos corpos apaziguar –se.

 

A brisa do mar sopra,

Ao longe a saudade,

Que teima em buscar-te

Avante muitas léguas.

Sê como o mar que na infinita orla busca,

O seu enlevo na encantadora areia.

 

O meu pulsar te quer incessantemente,

 O teu olhar fascina o meu, a ponto de sufocar-me.

E sem saber para onde ancorar-me,

Transcende de minha aura,

O norte a orientar-te.

E as paragens nas encostas do oceano,

Emitem os sinais que  o teu anseio necessita,

Para consumar-se o imenso amor,

Que há tanto tempo,

Pelo Universo em frenesi transita.

 

Ainda que o tempo e o vento,

Oscilam entre o amor e a espera,

Nada o fará adormecer na infinitude,

Pois estarei incrustada em tua essência,

Dando mais luz  e força a minha,

Fundindo em loucas ondas de ternura,

O amor que há muito estendeu-se,

Na aurora do universo,

 Num tempo longínquo,

Lembrando o mar e toda a vida que de lá constituiu-se.

 

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

        

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor