Então... inspira, respira e não pira - por Isi Golfetto

Então... inspira, respira e não pira - por Isi Golfetto
Se você faz o que sempre fez, você obterá o que sempre obteve. Anthony Robbins
 

Então... inspira, respira e não pira !!!

Por Isi Golfetto
 
 

Você está satisfeito com os resultados que vem obtendo em sua vida pessoal, profissional...? Se estiver, parabéns!

Sem dúvida você deve ter idealizado as suas metas e traçado o caminho com foco determinado até a sua conquista seja ela qual for... e com paciência, perseverança, contornando as adversidades, conhecendo e superando suas próprias dificuldades, aprendendo as lições com seus erros ou com os erros alheios... e com satisfação pode dizer: consegui!

Só que o pódio não é um ponto de chegada. É um meio pelo qual você foi reconhecido pelos seus esforços e determinação. Mas manter uma vida profissional produtiva e relacionamentos saudáveis é preciso equilíbrio emocional. Permanecer em constante equilíbrio emocional parece um desafio maior a cada dia. Nossa vida é invadida por crises, situações de tensões, conflitos e como consequência estamos cercados por pessoas ansiosas, que explodem à toa e à menor contrariedade ficam descontroladas. A grande maioria não está preparada para reagir às avalanches emocionais e as situações conflitantes.

A coisa boa é que da mesma forma que aprendemos a controlar nossos impulsos e comportamentos diante dos nossos desejos e necessidades, podemos aprender a manter o nosso equilíbrio emocional nos momentos de estresse. Ter equilíbrio emocional é extremamente importante para tomarmos decisões acertadas em nossa vida.

Desenvolver o equilíbrio emocional é manter um olhar motivado pela tolerância antes de reagir impulsivamente diante das circunstâncias.

Evite os impulsos. Não responda automaticamente diante daquilo que o incomoda. Pare um pouco para pensar como reagir e o que dizer. Agir sem pensar aumentam as chances de ser grosseiro ou deixar passar coisas importantes. Durante conflitos há muitas emoções afloradas. Assertividade requer equilíbrio.

Tire do seu vocabulário frases como "nunca" e "sempre". Quando você se comporta como se “nunca pudesse fazer algo” ou como se “sempre tivesse que fazer de tal maneira”, você demonstra ser inflexível, podendo perder uma série de novas oportunidades. E não culpe o destino pelas consequências das suas próprias decisões.

Durante a situação de tensão, se você sentir que não está dominando a sua raiva, saia do lugar em que estiver, vá caminhar ou, simplesmente, fique um tempo à sós e reflita. Procure entender qual é a verdadeira razão do conflito. Com os ânimos calmos, retome o assunto. Tempestades não são eternas.

O diálogo é essencial. Algumas pessoas precisam se sentir seguras e às vezes elas querem apenas conversar para descobrir o que está acontecendo. A maioria precisa estruturar os pensamentos e compreender as próprias emoções. A conversa é um modo de descobrir o que se está sentindo. No entanto, fique atento, pois, com grande frequência, durante uma crise, conversas podem se transformar em discussões. É uma reação normal à incerteza e ao estresse.

Aprenda técnicas de relaxamento que ajudem você a se controlar, faça regularmente uma atividade física, que além de ajudar a sua saúde, liberta as tensões acumuladas na atividade diária, diminuindo o estresse. Inspire... Respire... Suspire... Não pire !

Equilibre o trabalho com o lazer, aprenda a desfrutar da vida escolhendo atividades que façam você se sentir bem. Coloque o foco no que deseja fazer. O excesso de trabalho e de tensões sem pausas reconfortantes aumentará a sua susceptibilidade e, portanto, a sua impulsividade.

Avalie seu comportamento. Pergunte como as pessoas enxergam seu comportamento (pessoas amigas, sinceras, honestas e confiáveis...) Elas irão responder que imagem está passando aos outros... Indague sobre os momentos em que acreditam que sua atitude não foi ou não está sendo adequada. É importante estar aberto à críticas e, mesmo que não concorde, ouça com atenção e avalie onde e como melhorar.

Mude aos poucos. Faça uma lista das situações em que gostaria de ser mais assertivo. Coloque-as da mais simples à mais complexa. Tentar mudar tudo de uma vez colabora com a ansiedade e aumentam as chances de fracasso.

Para a nossa reflexão um poema contado e cantado por Jean Gabin narra a lição que aprendeu em sua vida desde a juventude até os 60 anos. Belos versos, linda música - Je Sais (Eu sei).

Se você não for melhor hoje do que foi ontem, então qual a sua serventia para amanhã?

Uma semana de aprendizado para todos nós!

Bom demais estar em sua companhia. 

Um grande abraço

Isi

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor