Antônio Carlos Santos

Antônio Carlos Santos

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)

Antônio Carlos Santos nasceu em Angola em 1964, tento vindo para Viana do Castelo/ Meadela em 1974, em Portugal. Frequentou a Escola de Santa Maria Maior (antigo Liceu ) onde teve uma participação ativa na Associação de Estudantes e em diversos eventos escolares. Realizou programas radiofónicos em várias rádios locais. Em entrevista exclusiva para o projeto Divulga Escritor o escritor Antônio Carlos conta-nos um pouco sobre sua trajetória literária, seus novos projetos, nos fala de algumas melhorias para o mercado literário em Portugal.

“Pretendo chegar ao publico erudito, como é obvio, mas fazer também chegar a poesia às pessoas que não tenham ainda despertado para a poesia ou seja apresentá-la de forma a “democratizá-la” ao máximo.”

Boa Leitura!

 

SMC - Escritor Antonio Carlos para nós é uma honra tê-lo conosco no Projeto Divulga Escritor. Vamos começar com uma pergunta que não pode deixar de ser feita, como começou seu gosto pela escrita?

Antônio Carlos - A honra é toda minha Shirley, sendo que é um prazer para mim participar neste projecto. O meu gosto pela escrita vem desde os 17 anos, quando ainda andava no Liceu com as primeiras paixões Cheguei nessa altura a publicar três cadernos de poesia numa pequena edição de autor, mas desde lá tenho escrito sempre para “a gaveta” como de um processo de catarse se tratasse.

SMC - Quais são as suas referências literárias? Que autores influenciaram em sua formação como escritor?

Antônio Carlos - Desde já os clássicos como Fernando Pessoa ou Florbela Espanca ou Shophia de Melo Breyner,  mas tambem poetas da actualidade como Joaquim Pessoa.

SMC - Você já trabalhou com teatro, chegando a colaborar na fundação do grupo de Teatro Universitário, na Universidade do Minho, qual sua relação com o Teatro? hoje você ainda tem algum projeto voltado para o Teatro? Em que projetos participas atualmente?

Antônio Carlos - Sempre fui muito participativo em actividades paralelas à minha profissão, que não tem absolutamente nada haver com as escritas, pois sou responsável comercial numa pequena cadeia de supermercados Reginal. Desde a minha altura de estudante no Liceu que organizei as festas de fim de ano e Natal em que a componente teatro estava lá. Quando fui para a universidade constatei na altura que a falta de um grupo de Teatro era uma realidade, e dai ter ajudado a criar esta valência na universidade. Também fiz rádio em várias emissoras em que o Teatro esteve sempre presente (neste caso teatro radiofónico claro). Actualmente devido à minha ocupação profissional tenho estado afastado desta actividade.

SMC - Qual o público que você pretende atingir com o seu trabalho?

Antônio Carlos - Pretendo chegar ao publico erudito, como é obvio, mas fazer também chegar a poesia às pessoas que não tenham ainda despertado para a poesia ou seja apresentá-la de forma a “democratizá-la” ao máximo.

SMC - O lançamento de seu livro “Versos de Mel & Fel” esta sendo um sucesso, que temas você aborda através de seus poemas publicados nesta obra?

Antônio Carlos - Nesta obra é abordado o amor e o desamor, e é uma viagem pelos afectos numa abordagem do que eles nos deixam de positivo e negativo.

SMC - Quais são  seus novos projetos literários? Conte-nos vem livro novo nos próximos dias?

Antônio Carlos - Agora vamos saborear o nascimento deste filho literário, depois espero coordenar a edição de uma Antologia de poetas de Viana do Castelo,  ou seja reunir num livro vários poetas aqui da minha cidade.

SMC - Onde podemos comprar o seu livro?

Antônio Carlos - O livro “Versos de Mel & Fel” estará disponivel nas livrarias aonde a editora conseguir colocar e on line também. Para começar pode ser pedido para compras@versbrava.pt  e dentro de um mês haverá uma edição em ebook.

SMC - Escritor Antonio Carlos, que dica você dar para as pessoas que estão iniciando carreira como escritor?

Antônio Carlos - Seria presunçoso da minha parte, dar indicações para quem vai iniciar, pois eu próprio não tenho uma carreira como escritor e nem considero a escrita como tal. Como em tudo o segredo estará eventualmente na paixão e no sonho e posteriormente na luta.

SMC - Quais as melhorias que você citaria para o mercado literário em Portugal?

Antônio Carlos - O mercado português é pequeno, mas de uma grande riqueza literária. O único senão é ser dominado por dois grandes grupos editoriais que concentram várias editoras e inclusivamente o próprio sector livreiro em termos de locais de venda tambem está concentrado em grandes grupos o que obsta o aparecimento de novos valores mas em contrapartida as novas tecnologias permitem uma divulgação mais aprofundada de novos valores através de novos projetos editoriais.

SMC - Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista, agradecemos sua participação, muito bom conhecer melhor o Escritor Antônio Carlos Santos , que mensagem você deixa para nossos leitores?

Antônio Carlos - Leitura de autores que escrevam em Língua Portuguesa ou seja dos paises pertencentes aos PALOPs aonde se encontram grandes valores da literatura Universal por forma a que a cultura destes povos se democratize e permita o seu desenvolvimento e só assim o peso de uma folha ao vento se fará sentir apesar do assomo das ondas do mar…

Grato por me ter dado oportunidade de participar no seu projeto que considero uma lufada de ar fresco no panorama cultural.

 

Participe do Projeto Divulga Escritor no Facebook

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor