Escultura de Amor - por Lígia Beltrão

Escultura de Amor - por Lígia Beltrão

Escultura de Amor

 

Esculpo teu rosto

Entre minhas mãos

Traço por traço.

A cada gesto e carícia

Faço-te presente

E sei cada centímetro

Da tua pele.

Sinto o teu cheiro.

Tudo é aquiescência.

 

As estrelas cospem fogo

Na noite escura

E lá, além do horizonte,

Que se descortina,

Dormes sereno...

 

Acima dos montes

O vento uiva

Tentando falar-te de mim.

A lua espalha brilho

No canto da noite

E o tempo

Delineando a vida

Demarca as fronteiras do amor

Em minhas mãos vazias.

 

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor