Este outubro - por Francisco Luis Fontinha

Este outubro - por Francisco Luis Fontinha

Este Outubro

 

Este Outubro de desengano

como um rio sem cidade

os pássaros felizes

os pássaros... os pássaros sem vaidade

poisados nos teus ombros silenciados

este Outubro desgraçado

que vive nos meus cabelos

voando

voando...

voando sob o tecto da saudade

este Outubro sem palavras ou versos

este Outubro suspenso na cárcere invisível

que não sabe

e ignora

o outro Outubro cinzento

aquele que mora

no bairro banhado de lata

este Outubro que se entranha em mim

como um tentáculo de espuma...

este Outubro... foi assim...

comi flores de papel

pintei lágrimas no teu olhar

este Outubro que chora

e nunca viu o mar.

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor