Eu vi - por Carmen Jacques Larroza

Eu vi - por Carmen Jacques Larroza
Eu vi
 
Eu vi o sorriso da mãe, ao contemplar seu filho pela primeita vez. Eu vi o choro desesperado da que perdeu seu nenê, num corredor de hospital, enquanto profissionais da saúde passavem de largo.
Eu vi a felicidade da vó na festa de quinze anos da neta. Eu vi uma vó cair de um ônibus e se quebrar, por causa da impaciência de um motorista, enquanto a neta chorava. 
Eu vi a alegria e o orgulho de um pai na colação de grau do seu filho. Eu vi um pai desesperado, aos prantos perdendo seu filho para o craque ou alvejado por ajuste de contas.
Eu vi uma filha cuidar de sua mãe com alzeimer, com zelo, paciência e amor. Eu vi uma filha gritar, escourraçar a mãe que só queria tê-la por perto.
Eu vi um jovem ganhar um carro de presente, Eu vi um jovem faminto e desnudo pelas calçadas da vida, ganhar o desprezo.
Eu vi uma menina no braço e abraço do pai. Vi outras vítimas de estupro pelo próprio pai. Vi filhos obedientes e sinceros. Também vi, mentirosos, dissimulados se julgarem espertos por enganarem seus pais.
 Eu vi jovens em coma alcoólico saíndo de festas e orgias. Vi jovens, que cedo se tornaram trabalhadores, em coma por um acidente de trabalho, sem um leito na UTI. 
Vi gente favorecida por heranças, discriminando, gente mais pobre, negra, fazendo outros de capacho e pegando o que não lhes pertence, para subirem na vida. Eu vi gente pobre, desempregada entregar, ao dono, carteiras com dinheiro achadas na rua.
Eu vi sonhos batalhados se concretizarem. Eu vi sonhos batalhados se desvanecerem como fumaça que se perde no ar. Eu vi meninos e meninas navegando em sonhos azuis ou cor-de rosa, amontoados em casebres-sala de aula; homens e mulheres e idosos lutando por um teto, por um espaço que nunca lhes chegam às mãos. 
Eu vi políticos abraçando pessoas, até então ignoradas, rejeitadas e roubadas dos seus direitos de cidadania; fazendo promessas descabidas zombarem do "otário". Eu vi gente comprometida lutando pelos "os sem-teto", " os descamisadados", os marginalisados e rejeitados pelos mesmos abraços sorridentes e "gentis". Eu vi políticos fazendo leis de papel e em benefício próprio.
Eu vi. E, você? Viu? 
 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor