Exigências de um Mundo Moderno - por Adriana Freitas

Exigências de um Mundo Moderno - por Adriana Freitas

EXIGÊNCIAS DE UM MUNDO MODERNO

 

            Nos dias atuais a tecnologia vem tomando cada vez mais espaço na vida das pessoas. A tecnologia facilitou e muito a vida de todos. Pela internet se faz tudo, ou quase tudo. Fazemos compras, pesquisas das mais variadas, marcamos consultas médicas, fazemos pagamentos, transferências bancárias. Conversamos com quem quisermos e até conhecemos pessoas. Tudo sem sair de casa. Tudo isso navegando pelo celular. Mais comodidade impossível.

            A questão que hoje não se sabe é quem comanda quem. Vejo pessoas se baseando em ibopes de redes sociais. Tenho uma amiga que pede curtidas em fotos e postagens e até diz o comentário que tenho que fazer. Inutilidades da vida moderna. Outra amiga que compra roupa para uma festa apenas por causa das fotos. Não quer aparecer nas benditas redes com roupas repetidas. “- O que as pessoas irão pensar de mim, que só tenho uma roupa?” – argumenta como se sua vida dependesse da opinião alheia. E querendo que eu concorde com essa sandice.

            Talvez os valores estejam mudando. Talvez a tecnologia esteja mudando e ditando o comportamento das pessoas. Destacando os populares, formando pseudo celebridades. Ou vitimando pessoas. Bullying, agressões, constrangimentos, calúnias e difamações. Infelizmente, hoje, na internet pode se encontrar de tudo.

            As pessoas esquecem, acham erroneamente que não existe punição. Acreditam que se pode tudo. Antigamente, nos primeiros sites de relacionamento, aquelas salas de bate-papo, onde qualquer um entrava com um apelido e escolhia com quem conversar mentia-se quanto a idade, aparência física. Nada tão grave. Os encontros fora nem sempre tinham um final feliz. Decepções, falta de entrosamento ou coisa pior.

            Nos site de hoje, em que todo mundo posta de tudo, fotos, vídeos, pensamentos. Ainda há mentiras, mas a exposição ganhou uma dimensão gigantesca. É como se as pessoas além de quererem se mostrar o tempo inteiro, procurassem também a aprovação dos outros.

            Dizer que não se importa com a opinião das pessoas, que não dá a mínima é mentira. De alguma forma acabamos pensando, pelo menos em algum momento no outro. Não precisa a opinião de todos. Às vezes é só um que nos importamos, que queremos atingir. Pensamos no que o outro vai pensar ou até mesmo sentir. Acabamos deixando escapar momentos que podem ser preciosos por não conseguirmos nos desvincular das maravilhas cibernéticas.

Tudo bem utilizar os recursos tecnológicos. Ela causa mais benefícios que danos, no entanto é importante não esquecer quem somos, levarmos uma vida mais focada no momento, no ao vivo. Fotos e vídeos são bons, eternizam momentos, mas não substituem o prazer do agora, do toque. É muito mais divertido assistir a um show olhando no olho do artista que passar o tempo inteiro com o braço estendido e o assistindo pela tela do celular.

Que nos modernizemos, que nos adaptemos ao mundo tecnológico e saibamos utilizar todas as ferramentas disponíveis, mas que nunca esqueçamos de apreciar os bons momentos, as aventuras que o mundo a fora pode nos proporcionar, os encontros maravilhosos e os prazeres que tecnologia nenhuma pode nos favorecer.

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor