FACTOTUM - O Barbeiro da Vila - Causo 10 - Amor eterno, à inglesa - por Mário de Méroe

FACTOTUM - O Barbeiro da Vila - Causo 10 - Amor eterno, à inglesa - por Mário de Méroe

por Mário de Méroe

 

FACTOTUM – O Barbeiro da Vila[1]

Coletânea de “causos” comentados no salão de um singular barbeiro, em minha Vila

.

Nota: Recomenda-se ler a Introdução, publicada no site do autor: www.mariodemeroe.org para inteirar-se do contexto dos “causos”.

 

Causo 10

Amor eterno, à inglesa.

 

O salão do nosso querido barbeiro da Vila, foi novamente honrado com a ilustre presença de um cliente poliglota, muito viajado, e que adora contar coisas pitorescas que ocorrem em suas andanças, o mesmo que contou os engraçados contos, divulgados como Causo 4 e Causo 6.

Como de costume, o cliente foi logo destravando a língua, ao sentir a toalha colocada em seu pescoço, sinal que o barbeiro estava começando seu trabalho.

─Sabe, amigo Fac, quando eu estive na Inglaterra, ouvi, na mesma rodinha dos causos anteriores, um que teria se passado na Justiça Civil, de Londres.

— Um casal de ingleses tradicionais estava concluindo seu processo de divórcio, que transcorreu na mais perfeita cortesia, como tudo que acontece com ingleses. Após acertados todos os detalhes da separação, entre sorrisos discretos e apropriados para a ocasião, o lorde inglês pediu a palavra e dirigiu-se à sua agora ex esposa, com toda gentileza, como era de se esperar, e disse:

— Mary, eu sempre a amei, e agora percebo que você  é a mais perfeita ex esposa que um homem pode desejar. Como vamos seguir caminhos de vida diferentes, como despedida, quero prometer, caso você faleça antes de mim, que mandarei construir um lindo túmulo, com seu mármore preferido Carrara rosa, e farei inscrever, com todo amor, a seguinte lápide: Aqui jaz minha querida Mary, amada, linda, e fria, como sempre!

A ex esposa respondeu, também com muita delicadeza:

—John, como você é gentil! Você é, também, o mais perfeito ex marido que uma mulher pode desejar. De minha parte, também prometo que, caso você faleça antes de mim, eu mandarei fazer seu túmulo com lindas pedras de cor creme, como você gosta, e, de todo o coração, farei inscrever uma lápide amorosa, assim: Aqui jaz meu querido John, homem de elevada cultura e finesse, muito elegante e, finalmente, duro!

 

Final da primeira série de O Barbeiro da Vila.



Leia mais: http://www.mariodemeroe.org/o-barbeiro-da-vila-causos-/

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor