Fenda visceral - por Daniela Gebelucha

Fenda visceral - por Daniela Gebelucha

Fenda visceral!

 

Rasga as vestes da minh’alma,

Expõe as vísceras do meu ser

Dilacerado e embriagado

Querendo saciar seu prazer!

 

Veja um coração machucado

Sangrando e em cicatrizes,

Marcas do tempo

Por ora, vertigens!

 

Olhos sedentos a me olhar!

Almas, a divagar!

Sem escrúpulos, a atormentar!

...

Coração, carnal,

Já sem sentido!

Só corpos! Sentimentos, já sem motivos!...

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor