Festa de lançamento do livro de Geraldo Ferraz - por Anchieta Antunes

Festa de lançamento do livro de Geraldo Ferraz - por Anchieta Antunes

FESTA DE LANÇAMENTO DO LIVRO DE  GERALDO FERRAZ”.

 

            Foi no Hotel Porto da Serra; ambiente muito chique, um projeto arquitetônico  muitíssimo bem construído e com uma fachada impactante. Entramos solenemente pelo caminho margeado de cerca viva, com luzes incrustadas no leito do canteiro. Após a porta de vidro um imenso salão feericamente iluminado, com poltronas, e larguíssimos sofás à disposição dos visitantes. Um luxo, convidando-nos a sermos hospedes por, pelo menos, uma noite encantadora. Ficamos tentados a embarcar naquela nau dos sonhos e das historias de mil e uma noites...

            À porta da Sala de Recepção, estava o anfitrião, Geraldo Ferraz, acompanhado pela esposa e filhas. A Acadêmica Vilma Monteiro, Embaixatriz da ALAG, fazia-se presente, como sempre o faz em todas as ocasiões solenes da Agremiação Gravataense. Aquele momento de alegria e confraternização tinha o perfil de vitoria, de gáudio e reconhecimento da veia de “escritor consagrado”, que o é, nosso amigo e confrade Geraldo Ferraz, baluarte das letras, das historias do povo nordestino acostumado a curtir a pele com a inclemência do sol abrasador.

            Geraldo tem a facilidade de, no correr da pena, descrever fatos, e quadros históricos com leveza e com detalhes, tornando, não só fácil, como agradável a leitura de suas paginas. Deus lhe presenteou com o “dom da escrita”; ele faz a apologia de uma raça de homens pétreos, das bravas e audaciosas mulheres de lenço na cabeça, de braços tisnados, e leais até a morte.

            A festa estava lançada, toda a gente sentada esperando o inicio da apresentação, do chamamento dos ilustres para compor a mesa. Nossa amiga Terezinha Carvalho lídima representante da Academia de Artes e Letras de Gravatá, deu inicio aos trabalhos. Um a um foi convidando os presentes que iriam ter a honra de preencher os espaços na mesa diretora. Sem duvida, o primeiro a ser solicitado a subir no palco, foi o ilustre escritor e dono daquele momento de pura alegria, Sr. Geraldo Ferraz de Sá Torres Filho,  o autor; também foi chamado o confrade Josias Teles, Acadêmico e poeta; o Presidente da Academia de Letras de Escada, Sr. Waldyr Siqueira; O Sub-Comandante de Policia Militar de Gravatá, Capitão Gledson, e por fim a nossa queridíssima e mística  senhora “Dona Madalena .Medeiros.

            Pronto! A mesa estava composta, completa e pomposa. Terezinha teve a satisfação de passar a palavra ao dono do momento histórico nesta pequena cidade do agreste pernambucano,  - Gravatá, que um dia foi Gravatá de Bezerros, Sr. Geraldo Ferraz.

            Com voz empostada, com um timbre todo especial e pessoal, deitou sua fala mansa, solene e agradável para o auditório expectante. Agradeceu a presença de todos os amigos e amigas, em seguida fez uma explanação minuciosa de sua genealogia.  

_Meu Deus do Céu, o homem sabe tudo a respeito de sua imensa e excelsa família, chegando aos detalhes do “modus vivendi” de seu tetravô. Pais, avós, bisavós e tetravós, como viviam, como se moviam naquele antanho coberto pela poeira dos tempos; Geraldo conhece o caráter de cada um de seus antepassados, a virilidade dos homens e a meiguice das mulheres. Tive a impressão de que ele viveu todas as “épocas”, todos os “tempos”, e todas as “vidas”. Boquiaberto é pouco para dizer de minha surpresa, de minha estupefação diante de tantos detalhes familiares. Logo eu, coitado, que se fosse deitar falação sobre meus antepassados pararia ao mencionar os nomes de meus pais; nem mesmo  os nomes de meus avós eu, um dia, soube.

            Não mencionei que todos que compunham a mesa, tiveram oportunidade para falar, para expressar seus sentimentos e a alegria de estar presente naquele momento tão especial, para Geraldo, para sua família,  para os convivas e para  Gravatá.

            Foram servidos apetitosos petiscos e refrigerantes, ou seja, a noite foi completa, educativa e virtuosa. Que venham outras noites, que nos acometam mais escritores de valor, para abrilhantar nossa terra, nossa gente, nossa literatura e nossos conhecimentos acadêmicos.

 

ALAOMPE

Anchieta Antunes

Copyright –

Gravatá – 01/06/2014.

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor