Hoje - por Helena Santos

Hoje - por Helena Santos

HOJE

 

O dia hoje sorriu para mim

E pensei: Por que não retribuir?

Eu até sou recheada de sorrisos

E apesar da chuva ele está tão bonito

Ou será dos meus olhos?

Do meu coração?

Que importa?

Virei-me para ele e exibi o meu melhor sorriso

De repente enviou um beijo

Beijo?

Será dos meus olhos?

Ou do meu coração?

Que importa?

Por que não retribuir,

Um gesto tão terno?

Apesar de estar frio

Até gosto de beijos fresquinhos na minha face

E quando perguntei ao meu coração o que sentia,

Qual a razão de tanta doçura, respondeu:

Sinto que perdi a tristeza e a dor

De caminhos de espinhos que percorri

E hoje, talvez por ser hoje

Desabrochou na minha mão

Uma colorida flor

A tal da felicidade e da harmonia

E me transformou num jardim de Alegria

Onde a maior flor, é o AMOR

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor