Homenagear Jerry Lewis é o objetivo de um romance brasileiro

Homenagear Jerry Lewis é o objetivo de um romance brasileiro

Homenagear Jerry Lewis é o objetivo de um romance brasileiro

 

Queridos amigos, depois de mais de quatro anos de dedicado trabalho, o meu novo romance, “A promessa e a fantasia”, foi finalmente concluído.

Trata-se, na verdade, de um arquétipo, um romance arquetípico, pois não há pessoa no mundo que não tenha o desejo inconsciente de homenagear alguém que muito ame.

Nesse sentido, consegui plenamente o meu objetivo, direcionando toda a história para desaguar nos braços do personagem Jerry Lewis! – que faz 90 anos em março de 2016! – e deixando ao leitor o prazer das muitas risadas, bem como o choro da emoção no epílogo.

Ora, como a homenagem não tivesse limites, resolvi compartilhá-la com outros ícones, tão luminosos quanto Jerry Lewis. Assim, também são personagens desta trama, entre outros, Stan Laurel e Oliver Hardy (O Gordo e O Magro), Gene Kelly (o astro de Dançando na chuva), e Cesária Évora (A Diva dos Pés Descalços).

E por falar na Rainha da Morna, faço questão de enfatizar aos amigos dos países lusófonos que cerca de setenta por cento do romance acontecem em Cabo Verde!

E para que a eficácia desse ambicioso projeto fosse a mais ampla possível, fiz questão de realizá-lo nas versões português (http://goo.gl/xhj9df ) e inglês (http://goo.gl/GeymkU ), por meio da Amazon.com.br

 

 

SINOPSE

 

Ser fã de Jerry Lewis não bastava. Era preciso mostrar a ele, e ao mundo, a idolatria que do peito do autor explodia. Daí a ideia de um romance por meio do qual esse sentimento se faria universal. E mais de quatro anos foram necessários até a conclusão de A promessa e a fantasia.

Cinco adolescentes brasileiros decidiram que suas férias seriam inesquecíveis. Assim, depois que curtissem alguns dias no Ceará, no nordeste do Brasil, partiriam para Praia, a capital de Cabo Verde. Lá, além de saborearem todas as delícias que o arquipélago lhes reservava, Cristiane, a mais descolada do grupo, tentaria realizar o seu maior sonho: conhecer Cesária Évora, A Diva dos Pés Descalços. Em seguida, tomariam um esplendoroso cruzeiro e rumariam para a África do Sul, terminando a viagem por entre os safáris ecológicos e a realeza hoteleira.

Ao chegarem a Cabo Verde, o destino lhes conduzirá a António, um garoto de nove anos, atilado, considerado o melhor guia mirim da cidade e afilhado de Cesária Évora, a Rainha da Morna.

António, em sua pureza infantil, tem uma namoradinha, Maria Cristina, em cujo corpo foi diagnosticada a leucemia mieloide crônica, câncer que a consome rapidamente.

Maria Cristina tem um avô, o velho Ibraltino, que foi o responsável por transmitir a ela e a António o amor por Jerry Lewis. Condoído pela doença da neta, mas apenas no intuito de animá-la, seu Ibra lhes relembra uma promessa que fizera: o trio homenageará o seu ídolo por meio de uma silhueta em que ele seria retratado chegando ao céu. Depois a levarão para os Estados Unidos e a entregarão pessoalmente ao comediante.

Como Maria Cristina não quer ver o avô sofrendo, pede para António assumir a promessa às escondidas. O garoto se compromete com uma certeza toda sua, mas só depois se pergunta como e quando poderia cumpri-la. Caindo em si, desespera-se. Só lhe resta, então, pedir fervorosamente em oração para que Deus lhe conceda ajuda. E a fantasia se apresenta: a dupla Stan Laurel e Oliver Hardy, O Gordo e O Magro, vem do céu em seu auxílio.

É claro que esses pseudo-heróis só poderiam implicar trapalhadas. No entanto, ambos percebem que os brasileiros e António podem se ajudar: este, conseguindo um encontro com Cesária Évora; aqueles, fazendo a silhueta e levando o guri consigo para entregá-la a Jerry Lewis, pois pensavam que o passeio terminaria na terra do Tio Sam.

Durante a viagem, as belezas de Cabo Verde serão esmiuçadas, incluindo o fantástico trabalho de proteção às tartarugas marinhas; o romantismo se fará ouvir aos adolescentes; as patetices dos humoristas do outro mundo permearão várias situações; outros artistas do passado, a exemplo de Gene Kelly e de Pat Morita (o eterno Sr. Miyagi), virão ajudar António; e o cruzeiro não será as mil maravilhas que todos idealizaram, pois os piratas de hoje não comungarão com o ideal de paz dos passageiros.

No epílogo, há participações especiais de Oprah Winfrey e Tom Hanks.

Os adolescentes encontrarão suas caras-metades? Maria Cristina ficará curada? António conseguirá cumprir a sua promessa? Só se pode afiançar que A promessa e a fantasia é um romance que faz rir e chorar de emoção.

 

O autor

Dias Campos, escritor e advogado; “Embajador de la Palabra”, título concedido pela Asociación de Amigos del Museo de la Palabra, 2014; 3º colocado no I Concurso de Crônicas da Academia Bragantina de Letras - ABL, 2014; ganhador do Prêmio Latino-Americano de Excelência, conferido pelas Associações LITERARTE, ALG, ABRAMES e NALABA, 2013; Medalha de Ouro no I Concurso Oliveira Caruso, categoria Poesia, 2011; Vencedor do Concurso Mundial de Cuento y Poesía Pacifista , modalidade Conto em Português, 2010; 3º colocado no II Prêmio Araucária de Literatura, 2010; autor do romance As vidas do chanceler de ferro, Lisboa: Chiado Editora, 2009; membro da Asociación de Amigos del Museo de la Palabra; da Associação Internacional de Escritores e Acadêmicos; do Movimento Poetas del Mundo; da Revista Biografia e da Revista Varal do Brasil; e autor e coautor de livros e artigos jurídicos. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor