Humilde poesia - por Antonio Eustáquio Marciano

Humilde poesia - por Antonio Eustáquio Marciano

HUMILDE POESIA

 

Escrever aquilo que me aquece o coração

Mais uma vez, pra ti, meu Deus, eu tento

Mas sobra-me vontade e falta-me talento

E nas palavras que uso ponho a emoção

 

Não posso, pois não sei, escrever bonito

E a minha poesia é humilde e singela

Mas quero externar a minha fé, por ela

E vou grafando aquilo em que acredito

 

Meu Deus eu peço, permita que eu consiga

Tornar tua Palavra minha maior amiga

E nela eu possa a sua paz sentir

 

E se é vossa vontade eu escrever, Senhor

Falar quão grande por Ti é o meu amor

Isto farei, enquanto eu existir

 

 

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor