Inocência - por Elair Cabral

Inocência - por Elair Cabral

 INOCÊNCIA

 

 Meus sonhos me levaram docemente

 sob o véu de luz serena, linda e mansa

 a andar pelas estradas mais fluentes

 em busca de uma alma de criança

 

 Despejei-me dos desejos e loucuras

 cachoeiras de sofrer em desalinho

 para me aconchegar em sãs venturas

 E florir de amor e céu os meus caminhos

 

 Numa noite sem luar vi as estrelas

 Que despiram a minha alma altaneira

 E em segredo começaram a sussurrar

 

 Enviaram-me um sorriso inocente

 Que invadiu o meu ser serenamente

 Fiz-me sonho em doce canção de ninar

 

 Elair Cabral

 05/08/14

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor