Irlen Leal Benchimol - Entrevistada

Irlen Leal Benchimol - Entrevistada

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)

 

Irlen Leal Benchimol nasceu em Manaus, Amazonas e formou-se em Direito. Servidora pública do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas, é autora de livros. Este é o terceiro livro da servidora do TJAM, que já lançou outros também na área da literatura infanto-juvenil: “Os Piratinhas do Bem navegando pela Amazônia” e “Os Piratinhas do Bem no Mundo da Imaginação em A Casa Mal-Assombrada”. A escritora diz que a terceira obra literária é uma forma de ajudar as pessoas que nasceram com Síndrome de Down. “O livro conta a história de um menino, chamado Eugênio, que nasceu com a síndrome. É uma obra encantadora que fala sobre inclusão e que todos têm suas diferenças, demonstrando que, na vida, o que vale é o amor. E o amor contagia. Vamos espalhar o bem”, diz a escritora.

 

“Gostaria de transformar os livros em desenhos animados ou filmes e ensinar algo bom que toque o coração das crianças, para que elas acreditem em um mundo melhor.”

 

Boa leitura!

 

Escritora Irlen Leal Benchimol, é um prazer contarmos com a sua participação na Revista Divulga Escritor; conte-nos, o que mais a encanta na arte literária?

Irlen Benchimol – A arte literária nos dá a oportunidade de vivenciar vários mundos e cativar o imaginário de crianças e adultos. Abre-se a porta do conhecimento, do aprendizado e da valorização do ser. Criamos asas quando lemos! Ficamos sem limites para sonhar, aprender e vivenciar, mesmo que por alguns momentos, vários mundos e mentes.

 

Como surgiu a coleção “Os Piratinhas do Bem”?

Irlen Benchimol – Minha inspiração começou com meu filho Ilan e suas brincadeiras no parque do colégio. E de repente, minha imaginação aflorava, com todos aqueles planos, mapas e tesouros. E o parque se transformava em um grande navio de brincadeiras, lições e mistérios.

 

Quem são “os piratinhas do bem”?

Irlen Benchimol – É um grupo de personagens de crianças, animais, bruxas e feiticeiras. Nesse grupo, a fantasia e a realidade do cotidiano se misturam para ajudar quem precisa, sempre fazendo o bem.

 

A coleção já conta com 3 obras inéditas; conte-nos um pouco sobre elas:

 

“Os Piratinhas do Bem navegando pela Amazônia” – Tudo começou no parque do colégio. O parque se transformou no grande navio Tempestade Vermelha. O capitão Ilan, a botinha Linda Lee, Lord Arthur, peixe-boi Totyr, peixe-boi bebê João Antônio, bruxa Cabeça de Jacaré, bruxa Cabeça de Cupuaçu e peixe-boi bebê Curumim partiram para sua primeira aventura no meio da floresta amazônica. Ilan e sua mãe inventaram uma brincadeira chamada a corrente do bem, em que só podiam participar os colegas que fossem educados, respeitassem os amigos, professores e a família e não falassem palavrão. A proposta era brincar, inventar planos de caça ao tesouro, desenhar mapas, correr o mundo; e assim nasceram Os Piratinhas do Bem. Mas fizeram muito mais que tudo isso. Você terá que ler a história para saber.

 

“Os Piratinhas do Bem no mundo da imaginação em A casa mal-assombrada” – A segunda aventura foi escrita a caminho de Orlando: “Onde tudo pode acontecer”.

A história, dessa vez, se passará em Orlando, onde os piratinhas do bem irão ajudar três irmãos. E todos irão ao mundo da imaginação no Navio Tempestade Vermelha, que se transformará em um navio voador fantasma: Capitão Ilan, Lord Arthur, Isaac Moisés, o peixe-boi bebê; Linda Lee, a botinha que se transforma em uma menina; a bruxa Cabeça de Jacaré, a bruxa Cabeça de Cupuaçu e a feiticeira Grosélia Trombosnélia. Uma aventura e tanto.

 

Sinopse:

 

Eis o plano: vamos transformar o nosso navio em um navio fantasma voador para começarmos nossa missão. Fácil, né? – disse Isaac Moisés, o Totyr.

– Depende muito de seus desejos e suas inspirações, Totyr. Todos juntos, somos mais fortes e conseguiremos.

 

“Os Piratinhas do Bem no mundo das diferenças em Navegando Contra o Mal” –

O texto traz entre seus personagens principais um menino com Síndrome de Down chamado Eugênio. A obra, com uma linguagem simples, é encantadora. Fala sobre inclusão e as diferenças, demonstrando que na vida o que vale é o amor. O amor contagia. Por meio de personagens cativantes, a obra aborda questões como o preconceito e a inclusão das pessoas com Síndrome de Down. Vamos espalhar o bem!

 

Sinopse:

 

Meneslau era um homem muito rico e emburrado que vivia em uma mansão chamada Paraíso, que de paraíso não tinha nada. Ele tinha um filho chamado Eugênio, de 9 anos, que nasceu com Síndrome de Down. Menino bom, inteligente, a alegria da escola em que estudava. O pai nem sequer falava direito com ele. Um belo dia, Eugênio descobriu como enviar e-mail e imediatamente enviou um para os piratinhas do bem, contando de sua síndrome e como vivia, e queria informações de como fazer para entrar no grupo.

 

 

Qual a mensagem que deseja transmitir ao leitor pelo enredo que compõe a coleção?

Irlen Benchimol – Devemos sempre ajudar quem precisa, com amor, compreensão, fé na vida, valorizar as pessoas que amamos, acreditar e lutar pelos nossos sonhos. Tudo é possível onde existe amor. E o amor é maior que qualquer preconceito.

 

A quem indica a leitura?

Irlen Benchimol – A todos que se interessarem por uma leitura engraçada, criativa, educativa, que desperta o imaginário das crianças. A quem gosta de conhecimento, de ensinar o bem. Convido a todos a abrir a porta de vários mundos e viver neles, por alguns momentos.

 

Onde podemos comprar os seus livros?

 

Links:

 

http://www.livrariacultura.com.br/p/livros/infantil/literatura/piratinhas-do-bem-42751336

http://www.livrariacultura.com.br/p/livros/infantil/literatura/os-piratinhas-do-bem-46355000

http://www.livrariacultura.com.br/p/livros/infantil/literatura/os-piratinhas-do-bem-no-mundo-das-diferencas-46460772

http://www.asabeca.com.br/detalhes.php?sid=09102016130941&prod=7921&friurl=_-OS-PIRATINHAS-DO-BEM-NO-MUNDO-DA-IMAGINACAO--Irlen-Leal-Benchimol-_&kb=1362#.V_pwEeTKR6h.google_plusone_share

 

No página no Facebook dos piratinhas do bem:

https://www.facebook.com/irlenbench/?ref=ts&fref=ts

 

Quais os seus principais objetivos como escritora? Pensas em publicar novos livros?

Irlen Benchimol – Gostaria de transformar os livros em desenhos animados ou filmes, e ensinar algo bom que toque o coração das crianças, para que elas acreditem em um mundo melhor. E, principalmente, respeitar a todos e acreditar que o bem existe e que os desejos do seu coração podem e serão realizados se elas trabalharem para isso.

Em breve publicarei outros livros da coletânea dos Piratinhas do Bem e uma nova coletânea Por trás do Pôr do SolOs anjos e seus amores. Parte 1.

 

Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista. Muito bom conhecer melhor a escritora Irlen Leal Benchimol. Agradecemos sua participação na Revista Divulga Escritor. Que mensagem você deixa para nossos leitores?

 

Irlen Benchimol – Agradeçam a Deus! Amem e façam o bem, sejam felizes e  acreditem: tudo é possível quando se tem fé! Beijo no coração de todos!

 

 

Divulga Escritor, unindo Você ao Mundo através da Literatura.

Contato editorial

smccomunicacao@hotmail.com

 

 

Revisão ortográfica: Josias A. de Andrade

Texto Ideal – Serviços Editoriais | CNPJ: 18.277.487/0001-10

Contato: arquitexto@gmail.com | Skype: josias747 | Cel. 35 99934-8766

Site: http://texto10.wix.com/mais

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

        

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor