Jardim da Amizade - por Helena Santos

Jardim da Amizade - por Helena Santos

JARDIM DA AMIZADE

 

A amizade é um perfume raro
Não se vende, não se compra
Nem se encontra em qualquer lado
É uma jóia de valor inestimável
E quem tem amigos, não deve esquecer
Que também deve dar
Não só receber
No meu jardim da amizade, há flores diversas
Cada uma com sua cor, com seu glamour
Mas são todas iguais no amor que recebem
Do meu coração…sem excepção.
As flores do meu jardim, são poucas, mas vistosas
E sei que, como eu, precisam
Carinho, cuidado, atenção, respeito
Às vezes me descuro
E culpada me confesso
Mas a tristeza que se hospeda no meu peito
Domina-me
As forças não me obedecem
Esmoreço
E quando os sorrisos de que preciso,
Adormecidos como um vulcão,
Despertam, por fim
Dão brilho ao meu olhar
E feliz, entrego-os ao vento
Para os espalhar
As flores do meu jardim, sabem
O quanto são importantes para mim.

 

Helena Santos.

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor