Joyce Cavalccante

Joyce Cavalccante

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)

Joyce Cavalccante é uma atuante escritora do nosso tempo. Autora de dez livros de ficção. Participante de mais de uma dezena de antologias. Suas obras estão traduzidas em cinco idiomas. É presidente da REBRA-Rede de Escritoras Brasileiras. Nasceu em Fortaleza, Ceará, Brasil. Mora em São Paulo há alguns anos, cidade aonde vive em estado de permanente criação. Em entrevista ao projeto “Divulga Escritor” a escritora nos conta sobre sua trajetória literária, seus novos projetos e algumas curiosidades bem interessantes sobre alguns fatos que fazem parte da sua vida.

“A minha pretensão é interagir com o leitor. Que ele se aposse do livro e seja co-criador da minha criação. Pois para que a magia se realize são necessários dois seres, assim como no ato do amor.”

 

Boa Leitura!

 

Escritora Joyce Cavalccante para nós é um prazer contar com a sua participação no projeto “Divulga Escritor”. Conte-nos em que momento você se sentiu preparada para publicar seu primeiro livro?

Joyce Cavalccante -  Desde sempre eu já pressentia algo estranho em mim. Coisa assim como se soubesse que eu iria ser escritora. Ainda muito pequena já demonstrava um fascínio inusual pelo exercício das pequenas composições infantis. Posso até dizer quando tudo começou. Foi quando apontei meu primeiro lápis.

 

Como foi ter seu primeiro livro em mãos?

Joyce Cavalccante -  Como você pode imaginar, fiquei em estado catatônico quando pude ter em mãos o romance “De Dentro Para Fora”, meu primeiro livro publicado. Acariciei-lhe a capa e foi como se eu estivesse adquirindo permissão para seguir adiante com essa aventura sagrada, essa licença para imitar Deus. Mas o mais incrível é que essa mesma emoção costuma se repetir em todas as vezes que seguro o primeiro exemplar de cada uma das minhas dez publicações, acaricio-lhe a capa e o céu se abre em bandas para me receber.

 

O que mais lhe inspira a escrever?

Joyce Cavalccante -  Tudo. O próprio ato de viver já é uma inspiração que pode, a qualquer momento, desatar dentro de mim a cascata criativa. Daí não tem mais volta. Sem outra opção, sento diante do teclado e faço o que tenho que fazer: Aprisiono as palavras numa folha de papel.

 

Qual o público que você pretende atingir com o seu trabalho? Que mensagem você quer transmitir para as pessoas?

Joyce Cavalccante -  Eu, particularmente, não me preocupo com isso. Querer atingir as pessoas propositalmente é o mesmo que querer colonizá-las. Não foi para isso que me inventaram. A minha pretensão é interagir com o leitor. Que ele se aposse do livro e seja co-criador da minha criação. Pois para que a magia se realize são necessários dois seres, assim como no ato do amor.

 

Escritora Joyce, você hoje tem diversos livros publicados, conte-nos qual o livro que você demorou mais tempo para escrever? Que temas você aborda neste livro?

Joyce Cavalccante -  Como a maioria de meus livros são romances, eu levo muito tempo para concluí-los. Depois de prontos, ainda os guardo para reler uns meses mais tarde e avaliar o que fiz. Só depois mando para a editora. Creio que o mais demorado foi o “Inimigas Íntimas”. Sentei para escrever um conto, e esse conto não tinha fim. Foi assim que se transformou em um romance de mais de 400 páginas. É interessantíssimo. Ganhou o prêmio APCA. Se passa nos anos 50 e é a história de um fazendeiro nordestino que vivia maritalmente com quatro mulheres.

 

Qual o livro que você demorou menos tempo para escrever? O que motivou você a escrever este livro de forma mais intensa que os demais?

Joyce Cavalccante -  Foi “Retalhos Místicos”. É um livro erótico. Está então explicado o entusiasmo?

 

Onde podemos comprar seus livros?

Joyce Cavalccante -  Eu sempre aconselho www.amazon.com. Lá você encontra edições em papel, e-book, audiolivro e algumas traduções. Também pode encontrar em www.americanas.com.br ou www.saraiva.com.br . E se quiser edições mais baratas tem o espetacular sebo: www.estantevirtual.com.br. Nas livrarias tradicionais, provavelmente, você não os encontrará, porque nelas só vendem café.

 

Quais são os próximos projetos literários da escritora Joyce Cavalccante?

Joyce Cavalccante -  Está no prelo um livro infanto-juvenil para ser lançado na Feira de Bologna, Itália, em março de 2014; quando o Brasil será o país homenageado. E, atualmente, debruço-me sobre um lindo romance que está me tirando o juízo.

 

Você, hoje, é presidente da Rebra – Rede de Escritoras Brasileiras, quais os principais objetivos da Rebra? Que tipo de trabalhos são desenvolvidos por esta Organização?

Joyce Cavalccante -  A REBRA - Rede de escritoras Brasileiras é uma organização sem fins lucrativos, cuja missão é divulgar a literatura feminina do Brasil. No cumprimento dessa missão ela foi criada para ser uma potente ferramenta de divulgação dos nossos valores literários de autoria feminina.

Foi fundada no último ano do século passado. Sua primeira ata foi lavrada em 08/03/1999. E nesses quase 14 anos de incansável exercício, podemos contabilizar mais de 4000 associadas, cobrindo todo território nacional e mais representações em 10 países nos cinco continentes.

Entre os nossos inúmeros serviços, estamos em vias de publicar nossa décima primeira  antologia pelo SER-Selo Editorial REBRA, em parceria com a Scortecci Editora. E já  publicamos duas antologias em francês em parceria com a Divine Édition. Preparamos nossa presença na Feira Internacional de Frankfurt 2013, quando o Brasil será o país homenageado. E vem por ai muito mais.

Se você é uma escritora está interessada em saber mais sobre a nossa proposta, acesse o site: www.rebra.org. E se considerar que poderemos agregar valores ao seu talento, sinta-se convidada a juntar-se a nós, pois: “A chama de uma tocha, se utilizada para acender uma outra tocha, irá multiplicar a luz em vez de roubá-la”.

 

Quais as melhorias que você citaria para o mercado literário no Brasil?

Joyce Cavalccante -   Só precisamos continuar caminhando. Acho que já encontramos o caminho certo. Sinto que deslanchamos. Chegou a nossa vez. Tudo isso não seria possível sem a Internet. A auto publicação chegou para revelar os talentos que estavam sufocados pelo gargalo das grandes editoras. E a distribuição está deslizando na ponta dos nossos dedos. Além de ser uma pessoa otimista, estou entusiasmada com esse momento.

 

Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista, agradecemos sua participação, muito bom conhecer melhor a Escritora Joyce Cavalccante, que mensagem você deixa para nossos leitores?

Joyce Cavalccante -  Nunca deixem de expandir suas almas, e a melhor maneira de fazer isso é lendo. Deixo também meus agradecimentos pela atenção e um convite para conhecerem mais e melhor o meu trabalho: www.joycecavalccante.com.br

 

Participe do projeto Divulga Escritor

     https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor